Espiritualidade

Mesmo em meio a toda a nossa confusão, Deus ainda nos ama e nos valoriza.

mesmo em meio a toda a

Você já acordou se sentindo muito feliz e realizado com sua vida e minutos depois teve uma espécie de “crise existencial”, pensando em todas as suas falhas e defeitos, comparando com todas as pessoas em sua vida e acreditando que não é bom o suficiente?



Quando isso acontece, nós nos sentimos desconectados de nós mesmos, das outras pessoas, da fonte, de nossos espíritos, de Deus.

É uma situação difícil de lidar, desejamos poder reiniciar nossas vidas. Voltar à nossa juventude e fazer todas as escolhas que evitariam estarmos vivendo nossa situação atual. Queremos esconder de tudo e todos a bagunça que nos tornamos.

Porém, existe alguém de que não podemos nos esconder: Deus.


Ele é o nosso criador, está sempre ao nosso lado, olhando-nos e cuidando-nos. Ele vê tudo o que nos esforçamos para esconder, nossas inseguranças, dúvidas, decepções, vergonhas. E o mais bonito é que Ele nos ama apesar de todas essas coisas.

Nós estamos cada vez mais focados em nos tornarmos os melhores, superar outras pessoas, sermos perfeitos. E o tempo e energia que investimos nessa busca nos impedem de reconhecer e sermos gratos por todas as coisas que somos e temos.

Nós nos esquecemos de que nossas conquistas e vitórias não são o que realmente determinam nosso valor. Nosso valor está no nosso Pai Celestial. Nossas dúvidas, incertezas e imperfeições não são motivo para nos desesperarmos ou nos culparmos.

Deus conhece tudo sobre nós, e mesmo assim o Seu amor é inabalável.


Nada muda o amor de um pai por seus filhos. Ele deseja que nos conectemos, que acreditemos Nele e que sigamos firmes ao Seu lado, mesmo em meio às dificuldades, porque nunca estaremos sozinhos.


Direitos autorais da imagem de capa: Kalegin Michail – Unsplash


“mais do que máquinas, precisamos de humanidade.”

Artigo Anterior

Não tema minhas palavras, tema o meu silêncio.

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.