4min. de leitura

Mesmo que sejamos sempre inacabados, podemos ser cada vez melhores

Não deixo minhas mágoas pelo caminho e nem as guardo em meu coração, permito que elas possam ir sem deixar marcas, pois só devemos ter marcas daquilo que faz sentido para a nossa jornada e acrescenta mais leveza à nossa alma.

Não me esqueço de fazer felizes aqueles que representaram meu sorriso quando eu estava triste e que tiraram de mim as feridas que eu guardava em meu peito. Essas pessoas eu carrego sempre comigo, pois são pedras preciosas que valem mais do que qualquer tesouro que o dinheiro seja capaz de pagar.


Não me entristeço quando perco algo, pois tudo o que vai embora é porque não tinha mais função nenhuma em minha vida e não poderia ficar ocupando um espaço que seria preenchido por aquilo que me faz pulsar e tem a capacidade de fazer os meus olhos brilharem, cada vez mais convictos de que tudo o que perdi não se comparava àquilo que Deus estava me preparando.

Nunca deixo de acreditar que pessoas boas ainda existem, que caminhos floridos se conquistam após passarmos pelos espinhos da vida, que felicidade é saber que temos saúde e ao nosso lado quem nos ampara, que amizades são necessárias porque caminhar sozinho é não ter com quem dividir utopias, que se apoiar na fé é ter uma estrutura que nunca nos permitirá cair.

Eu estou aprendendo muito. Aprendi que a vida é só uma passagem e se vai  em um instante. Por isso, devemos aproveitar o nosso tempo com ações que nos façam ser lembrados como aqueles que deixaram um legado: o legado do amor, das boas ações, da esperança e da fé.

Aprendi a gostar do que realmente importa: gosto de coisas simples porque são as mais preciosas; gosto de pessoas que abraçam e chegam a tocar nossa alma, tamanha a profundidade de seu toque; gosto muito daqueles que têm o brilho da fé no olhar, porque esses nunca nos enganam, são transparentes, pois não têm lugar para a falsidade em seu coração.


Gosto de olhar para o céu e agradecer a Deus por me fazer enxergar tudo aquilo que realmente vale a pena, pois tudo o que Deus planta em meu caminho é muito mais do que eu mereço e Ele não Se cansa de me surpreender, e me faz feliz saber que me sustenta em tudo.

Sei que ainda tenho muito que aprender, mas sou sempre aberta às aprendizagens porque o que nos faz crescer de verdade é a certeza de que nós sempre teremos algo novo a aprender, a vida é isso: um caminho de aprendizagens.


Mas não deixo as aprendizagens jogadas pelo caminho, eu as coloco em prática e busco ser melhor a cada nova manhã. Gosto de saber que, mesmo que sejamos sempre inacabados, podemos ser cada vez melhores e é isso o que me impulsiona a não desistir do bem, não desistir de tentar mais uma vez, não desistir de semear amor e paz.

Não desistir de acreditar na esperança, não desistir de sorrir e, acima de tudo, não desistir de ter fé.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: gladkov / 123RF Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.