Comportamento

“Messi não faz isso.” Cristiano Ronaldo deu a camisa e um abraço em fã que entrou em campo

1 capa Messi nao faz isso Cristiano Ronaldo deu a camisa e um abraco em fa que entrou em campo
Comente!

A menina de 11 anos comoveu a Associação de Futebol da Irlanda (AFI), que abriu mão de cobrar multa de R$ 18 mil pela invasão do campo.

O que você faria para ficar mais perto do seu ídolo? Alguns diriam que tudo, outros fariam discursos sobre não idolatrar pessoas, mas poucos, de fato, tomariam alguma atitude se estivessem diante daqueles que adoram. O endeusamento de figuras de destaque, que sempre são famosas, não vem de hoje, e é quase natural que, pelo menos em alguma fase de nossas vidas, idolatramos alguma pessoa ou personalidade.

Para Addison Whelan, de 11 anos, abraçar seu ídolo e trocar poucas palavras com ele valia o risco de receber uma multa de R$ 18 mil. No fim do jogo entre Irlanda e Portugal, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de Qatar, a menina invadiu o campo tentando se aproximar de Cristiano Ronaldo quando foi barrada pelos seguranças. O craque pediu que a soltassem, trocou algumas palavras com sua fã, que estava em choque, e encerrou o encontro dando-lhe sua camiseta e um abraço.

Em entrevista à rádio irlandesa RTE, Addison contou que estava tentando chegar perto do ídolo por dentro do campo do Aviva Stadium, em Dublin, capital da Irlanda do Sul, quando percebeu que estava sendo perseguida por seguranças de todos os lados. Ela explica que tentou correr pela linha central, tentando escapar, gritando o nome do atleta, mas eles a alcançaram.

Em desespero, Addison viu Cristiano Ronaldo pedir que os seguranças a liberassem, dando à fã sua camiseta da partida e um abraço. A jovem, que atua pela categoria sub-13 do Shelbourne, de Dublin, sonha em virar jogadora profissional, atuar pelo Arsenal e pela seleção da Irlanda. Durante a entrevista, ela contou que teve um de seus “maiores sonhos realizados”, e que agora pretende colocar a camiseta em uma moldura de vidro.

1 2 Messi nao faz isso Cristiano Ronaldo deu a camisa e um abraco em fa que entrou em campo

Direitos autorais: reprodução Twitter/ @giraltpablo.

A atitude de Cristiano Ronaldo repercutiu em tempo real no Twitter e, imediatamente, os fãs do jogador iniciaram as comparações com outro grande jogador, Lionel Messi, da Argentina. Uma das publicações dizia que aquilo o argentino “nunca faria em sua vida”, enaltecendo o jogador português e a forma como lida com o público que o segue e o idolatra.

O caso de Addison repercutiu na Irlanda e chegou a comover até a Associação de Futebol do país (AFI), que desistiu de aplicar a multa de R$ 18 mil pela invasão do campo, que seria encaminhada aos pais ou responsáveis pela garota. Mesmo assim, em comunicado, explicaram que as invasões são passíveis de multas em todos os jogos, especialmente se a partida estiver em andamento, e pediram que os torcedores sigam essa regra sensível.

A rivalidade entre Lionel Messi e Cristiano Ronaldo teve início em 2008, quando Manchester United, que seria vencedor da Liga dos Campeões, enfrentou o Barcelona na semifinal da competição. Desde esse dia, os dois jogadores, considerados os melhores de sua geração, começaram aquela que seria uma das maiores disputas da época.

1 3 Messi nao faz isso Cristiano Ronaldo deu a camisa e um abraco em fa que entrou em campo

Direitos autorais: reprodução Twitter/ @giraltpablo.

Não é em poucas ocasiões que os dois são comparados. Quando jogavam pelo Barcelona e Real Madrid, times que inclusive dominaram a Liga dos Campeões por uma década, às vezes que se encontraram foram poucas. Grande parte dos seis confrontos aconteceu entre o Barcelona e o Manchester United, foram quatro vitórias para Messi e cinco para Ronaldo. Pela La Liga, em 18 jogos, Messi tem 10 vitórias, quatro empates e dois triunfos do português.

1 4 Messi nao faz isso Cristiano Ronaldo deu a camisa e um abraco em fa que entrou em campo

Direitos autorais: reprodução Twitter/ @giraltpablo.

Com 35 prêmios para Messi e 29 para Cristiano Ronaldo, a disputa entre os dois acaba não saindo dos campos, sendo que, recentemente, o português fez questão de explicar em coletiva de imprensa que não alimenta essa rivalidade. Explicando que os dois não têm contato fora dos jogos, ele afirmou que não tem nada contra o oponente em nível pessoal.

Comente!

“Pare com seu show sexual”: vizinho reclamou de barulhos desagradáveis e foi respondido

Artigo Anterior

Luciano Szafir quebra tabu e desfila com bolsa de estomia: “Sejamos felizes”

Próximo artigo