Relacionamentos

“Meu namorado fuma maconha e eu não aceito”, desabafa mulher

capameu namorado fuma maconha e eu nao aceito desabafa mulher

A mulher fez um desabafo sincero sobre sua reação ao descobrir o hábito do namorado. Confira!



Os relacionamentos românticos são alguns dos vínculos mais especiais, mas também mais trabalhosos que podemos possuir.

Diferentemente dos nossos familiares, com quem crescemos, os nossos parceiros no amor são pessoas que chegam à nossa vida já “prontas”, com ideais próprios, prioridades e hábitos, o que é bom, mas ao mesmo tempo pode levar a alguns estranhamentos na convivência.

Conforme os dias passam e o período do “conto de fadas” termina, começamos a saber como é estar com essas pessoas. Se embarcamos na aventura de morar juntos, aí é que compreendemos por que muitos casais se separam logo após o casamento.


Por mais que seja pregado que o amor é o que mantém uma relação, a verdade é que é preciso muito mais do que ele para manter a chama acesa em longo prazo, até mesmo porque, como qualquer outro sentimento, o amor também pode acabar um dia.

Se temos de conviver dia após dia com os defeitos da outra pessoa, com hábitos que consideramos nada saudáveis, precisamos ter muita paciência, tolerância e jogo de cintura para construir uma relação de anos, como aquelas que vemos em filmes.

Nem todas as pessoas conseguem lidar sozinhas com a complicada rotina dos relacionamentos reais, e acabam recorrendo a diversos tipos de ajuda e aconselhamento para agir com sabedoria em cada situação, não colocando em xeque sua união. Desde conversas com amigos, terapeutas, até fóruns online, não é raro encontrar pessoas buscando desesperadamente uma “luz” para melhorar a sua relação amorosa.

Entre eles está o de uma mulher que se deparou com uma situação polêmica no seu relacionamento. O seu caso foi compartilhado com o público através do Detroit Free Press, e tem recebido comentários de pessoas com pontos de vista bastante divergentes.


A mulher, que não foi identificada, disse que o seu companheiro fuma maconha, e ela não gosta nada disso. A história é polêmica porque, apesar de a erva ser liberada em diversos países, como é o caso de alguns estados dos EUA, nem todo mundo aprova o seu uso.

Como é uma dessas pessoas, procurou ajuda de um aconselhador virtual para sua situação. No depoimento, a mulher contou que estava com o parceiro havia cerca de um ano e meio, o qual amava muito, considerando-o uma pessoa maravilhosa, que aceita todos os seus defeitos.

Ela também frisou que o homem é muito trabalhador, que paga todas as suas contas e a trata com muito amor e respeito, sentimentos demonstrados até ao seu cão. No entanto, ela disse que se tornou uma “chata” ao descobrir o hábito do companheiro.

Contextualizando mais a situação, o homem tinha um histórico negativo de abuso de álcool, o que o levou a um hospital psiquiátrico, onde passou um tempo, após uma bebedeira quase fatal. Ele também sofre de depressão e ansiedade, e o vício no álcool estava afetando a eficácia dos seus antidepressivos.


Para cuidar melhor da sua saúde, ele parou com a bebida, mas encontrou na maconha uma substituta e, segundo a mulher, ele fuma diversas vezes ao dia, o que ela afirma que deixa a casa com mau cheiro. Além disso, no estado em que eles vivem, a erva é ilegal.

A mulher acredita que o companheiro trocou um vício por outro, mas apesar disso, acha que está lidando de forma exagerada com a situação, e sente que vive reclamando o tempo todo, agindo como mãe do companheiro, por isso buscou aconselhamento para deixar de ser tão exigente.

Uma das pessoas que lhe responderam disse que ela tem o direito de não gostar da fumaça e do cheiro, e que tem de tomar decisões com base apenas em não gostar da realidade com a qual convive.

Também sugeriu que ela está infeliz, sentimento que impulsiona sua irritação, e que deixar a relação pode ser uma opção, mas se sentir que ainda há razões para permanecer ao lado do parceiro, é importante buscar aconselhamento profissional, porque não precisa resolver tudo sozinha.


Médico exibe raio-x do efeito da covid no pulmão de pessoas vacinadas

Artigo Anterior

Jamie Foxx afirma que não se casar permitiu maior conexão com as filhas: “Casamentos fracassam”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.