Minha adorável solidão…

Um dia alguém me perguntou se eu tinha medo de ficar sozinha! Eu acho que a solidão é uma faca de dois gumes! Ela pode ser a sua oportunidade de crescimento se aceitá-la como amiga, ou sua desgraça, quando tentar fugir dela! Eu, por exemplo, amo minha companhia, amo ficar só, com meus pensamentos, meus livros, minhas músicas, meus versos, minhas prosas!



Definitivamente eu não tenho problemas com a solidão, mas nem sempre foi assim! Não que eu não ame meus amigos ou minha família! O grande lance é que eu os amo muito, mas não dependo da companhia deles para ser feliz! Quero vê-los bem, independente de estarem ou não comigo! Isso já basta para mim!

Muita gente acaba tendo tanto medo de ficar só que mete os pés pelas mãos; casa com quem não devia para esquecer alguém ou não ficar sozinho; aguenta coisas terríveis e vive uma vida de farsas e mentiras, prende os filhos quase que no pé da mesa por medo de se libertarem …tudo por horror ao ninho vazio!

Olha, quando você aprender que sua companhia é a melhor de todas para si próprio, nunca mais terá medo da solidão!  Quando descobrir como é melhor ter o silêncio do que brigas, ter a calmaria do que conflitos, ter a paz do que o inferno de alguém que só atormenta sua vida, então a solidão será sua melhor amiga!


Não estou sugerindo que você seja um eremita, do tipo o “Náufrago ” interpretado brilhantemente pelo ator Tom Hanks, que teve por quatro anos a única companhia de uma bola de vôlei, em uma ilha deserta do Pacífico!

As companhias de pessoas, bem como o convívio social, são necessárias e saudáveis para qualquer ser humano, porém não devemos depender disso para sermos felizes!

Você não precisa fica só se não quiser! Faça um trabalho voluntário em uma casa de repouso de velhinhos abandonados, participe de uma comunidade, vá dançar, exercite-se, faça artesanato coletivo, seja independente, faça novos amigos, pare de vitimizar sua vida por carência de alguém! Seja carente de sua própria companhia!


Você já deve ter ouvido a frase: “Ninguém é feliz sozinho, ou “Busque sua metade da laranja”!

Que me desculpem os autores dessas máximas, mas realmente mais feliz é um solitário do que alguém mal acompanhado! Você não precisa buscar a metade de nada quando consegue se completar por inteiro! Isso não é demagogia, falo por experiência própria de alguém que suportou coisas horríveis durante longos anos, por medo da solidão!

Se é para ter uma companhia, que venha para acrescentar coisas boas! Se não for assim, pode ir embora!

Não tenha medo da solidão, não fuja dela! Ela pode ser uma ótima fonte de aprendizado e amadurecimento! Busque em você mesmo o que procura no outro. Não se trata de egoísmo, mas pura questão de sobrevivência! Lembre-se de que nem toda panela necessariamente tem que ter uma tampa! A frigideira, por exemplo, não tem tampa, e nem por isso deixa de ser um utensílio indispensável para a confecção do mais delicioso crepe ou omelete de mussarela, entendeu? Se for para ser infeliz, prefira ser frigideira!

Ninguém é feliz tendo uma tampa quebrada ou torta só para mostrar que tem tampa! Seja mais você, valorize-se e não aceite qualquer metade! Complete-se de sabedoria, amor próprio, fé e plenitude! Pode ter certeza de que muitas tampas e muitas laranjas de real qualidade darão tudo para estar ao lado de alguém tão especial, não para completar, mas para simplesmente acrescentar coisas boas, afinal é exatamente o que você merece!

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.