5min. de leitura

Minha vida afetiva não anda… o que fazer?

“Oi, Rayra! Tudo bem? Eu estou com uma área da vida bloqueada e não entendo mais o porquê.


A questão que pega é que minha vida afetiva não está do jeito que eu quero. Já aconteceu de eu praticamente namorar mas o cara não me assumir. Eu ficava só com ele e ele só comigo mas ele não arredou o pé para se compromissar. É estranho. E às vezes está batendo uma carência. Já fiz de tudo. EFT, áudio, afirmações… essas ferramentas me ajudaram a melhorar a autoestima mas ainda não estou vivendo o que quero. Não sei o por quê.”

Amada, essa busca frenética por afeto É CARÊNCIA SIM, porque afinal: você já fez de tudo, EFT, áudios, afirmações.

E eu te afirmo, com propriedade, que nenhuma ferramenta vai trazer o que você quer. Por um único motivo: antes de usar uma ferramenta, ANTES, você precisa alterar a maneira como se sente.


E isso serve, não só para vida amorosa, mas para qualquer área da vida: financeira, familiar, profissional, saúde.

Em meu livro, Lei da Atração – Guia Prático – eu coloco que, para você manifestar um desejo, seja qual for, você deve emanar uma vibração equivalente ao que deseja, para isso você deve se colocar, se posicionar no seu dia-a-dia como SE JÁ TIVESSE O QUE AINDA NÃO TEM.


Você precisa se apropriar do que deseja antes, em sua mente, em seu SENTIMENTO.

COMO VOCÊ SE SENTIRIA SE FOSSE UMA MULHER MUITO BEM AMADA?

Pense. Não dá uma SENSAÇÃO maravilhosa?

É isso: você acabou de vivenciar o que deseja.

MANTENHA ESTE ESTADO NA MAIOR PARTE DO DIA. TODO DIA.

SINTA-SE AMADA. E será.

A questão não é o seu “ficante”, é VOCÊ. Você está nesse relacionamento pela metade, emana essa vibração o tempo todo e pelo princípio universal de que “AS MENTES SE COMUNICAM”, o subconsciente dele capta, mas te digo: se não for ele, enquanto você oferecer ao Universo esta vibração de carência baixa autoestima e insegurança pessoal, qualquer rapaz captaria essa frequência e se comportaria da MESMA maneira: não te assumindo, porque: eles projetam a relação que você tem CONSIGO MESMA.

Antes de você se relacionar com outro alguém,  estabeleça um relacionamento com você, uma relação sólida, de amor, respeito, confiança e auto apoio.

O modo de você corrigir isso é simples demais: faça um pequeno ajuste vibracional na sua frequência. COMO?

Assim:

1. Desenvolva o amor por si mesma: começando todos os dias a cuidar de si como cuidaria de uma filha amada: cuide do que você come da mesma forma que você cuidaria da alimentação de sua filha; cuide de seu corpo com o mesmo cuidado e carinho, use roupas que a faça sentir como é bela e acredite: não há nada errado com você, você é bela, tem valor e merece um tratamento a sua altura.


2. Diariamente ao acordar, use a sugestão de Louise Hay: olhe-se no espelho e diga a si mesma: “Eu me amo e me aprovo” e repita isso em todos os momentos do dia, acolha-se principalmente, quando sua vibração oscilar e você ficar para baixo.


3. Presenteie-se nas datas especiais e quando não tiver nenhuma data especial também.


4. Um dia por semana e eu sugiro a sexta-feira, consagre-o a VOCÊ: é o seu dia da beleza, faça as unhas, depilação, hidrate os cabelos e se não puder ir ao salão, faça o seu SPA EM CASA.


5. Medite de 5 a 10 minutos por dia.

Dentro de um mês sua energia será OUTRA.

E você perceberá que sua nova versão estará surgindo, você deixará de se apoiar nos outros e dará muito menos importância à opinião alheia (se isso ainda for importante para você), seu auto apoio estará muito mais forte, você saberá que se amando e se respeitando, tem valor e não aceita qualquer coisa, qualquer um e nenhum relacionamento insatisfatório, dizer NÃO vai ficar muito mais fácil, os rapazes vão te olhar de outro modo e você poderá escolher, mas talvez e pela primeira vez esteja tão feliz consigo mesma, que não desejará, por enquanto, ninguém…

Rayra Kalidan

____________

Direitos autorais da imagem de capa: warrengoldswain / 123RF Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.