Comportamento

“Minha vida é outra.” Mãe que vivia na miséria com os filhos e convivia com ratos recebe onda de doações!

Depois de pedir ajuda para cuidar da sua família, esta mãe foi surpreendida com muitas doações!



A realidade em nosso país não tem sido das melhores nos últimos tempos. Não precisamos procurar muito para encontrar pessoas e famílias inteiras sobrevivendo com pouco e passando por necessidades e, em muitos momentos, recorrendo a ajuda de estranhos para conseguir se manter.

Esse é o caso de Adriana Alves, de Cajazeiras, na Paraíba. A situação da mulher foi mostrada no programa Olho Vivo e acabou alcançado muitas pessoas que se solidarizaram com a sua situação.

Adriana vive com os três filhos (com de 5 meses a 9 anos) e o marido, que é catador de recicláveis, em um casebre, numa realidade muito triste. A família não possui praticamente nenhuma mobília nem dinheiro para se alimentar e oferecer uma realidade melhor para as crianças.


Na primeira visita à casa da família, não havia nem mesmo botijão de gás, e o que tinha para comer era arroz puro e meio pacote de cuscuz. A mulher e os filhos dormiam no chão, em meio aos ratos e tomavam água da torneira, o que fez com que um dos filhos fosse internado.

Direitos autorais: reprodução Youtube/Diário do Sertão.

A renda fixa da família é de apenas R$ 250, o que mal dá para comprar alimento, por isso as contas estavam se acumulando. Desesperada, Adriana pediu ajuda para cuidar dos filhos com dignidade.

A reportagem teve grande alcance, chegando a pessoas que moram em outros países, criando uma grande mobilização para ajudá-la neste momento tão difícil.


Um novo encontro com a família foi mostrado para que a mãe pudesse compartilhar todos os gestos de empatia e generosidade que recebeu. Adriana ganhou geladeira, fogão, botijão, camas e guarda-roupa, além de muitos alimentos.

Direitos autorais: reprodução Youtube/Diário do Sertão.

Muito grata e exibindo um sorriso que esteve sumido do seu rosto por muito tempo, a jovem mãe disse que sua vida é outra. A espera agora é por um novo emprego para o marido, a fim de encontrar uma casa melhor para morarem.

Graças à empatia e ao bom coração de muitas pessoas, Adriana agora tem mais paz e pode cuidar de sua família muito melhor. Essa mobilização tão especial e poderosa é um exemplo daquilo que precisamos cada vez mais em nossa sociedade, especialmente em momentos tão complicados quanto o atual. Juntos podemos ajudar a transformar a vida de muitas pessoas.


“Chamado dado por Deus.” Em 30 anos, mulher abriu sua casa para mais de 400 filhos adotivos!

Artigo Anterior

Filho de trabalhadores rurais, que cresceu em meio à pobreza, forma-se com honras em Harvard!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.