Minha vida, meu destino. – Nunca deixe que digam o que e como você deve pensar e agir.

Enquanto houver uma única chance de fazer a diferença, faça.

Explico: Certa vez escutei de um amigo, sobre um assunto relevante, que eu não precisaria falar minha opinião, caso fosse contrária à maioria.

Que mesmo eu estando certo, estava errado, por simplesmente não seguir o rebanho. Que eu estava tentando ser um bom samaritano ou, ainda, que não precisava me expor daquele jeito, pois ninguém é assim. Que era hipocrisia minha.

Quero dizer-lhes que hipocrisia só acontece quando você pratica (no presente) algo e a condena quando outros praticam.

Quando você já praticou, soube se perdoar e rever seus conceitos e os defende, a partir de então, não é mais hipocrisia. É caráter. É evolução. É sabedoria. É qualquer coisa, menos hipocrisia.

Nunca deixe que digam o que e como você deve pensar e agir.

Há muitas e muitas pessoas querendo que todos sejam iguais, seja em pensamentos para que não se sintam culpados por seus atos, seja em ações para fazerem parte de uma sociedade doente por mesmices, tornando-nos corretos quando, de fato, não somos.

Sei que no âmago, antes de dormir, pensam no que fazem e se arrependem. Então, siga apenas sua convicção e seja feliz com ela. Àquela que está agarrada à você neste exato momento e viva ela como sua meta de vida.

As atrações, definitivamente, estarão todas voltadas para o que se deseja e por seu jeito de agir.

Não deixem que ditem sua conduta. Não vale a pena ser o que não é, para ser só mais um. Faça a diferença e você será sempre lembrado por sua lealdade às suas emoções e convicções.

Lembre-se: Seguir um rebanho é fácil, difícil é cuidar e criar o seu próprio caminho para um bem maior.



Deixe seu comentário