4min. de leitura

Moço, ela é todinha dela

Ei, moço, é melhor desistir. Não tente roubá-la de si mesma, você não vai conseguir. Quer mesmo insistir? Ok, mas não diga que eu não lhe avisei.

É que com ela é as coisas são simples, não suporta a forma como todo mundo transforma o fácil no complexo. Se ela quer, ela faz. Se não, tchau. Não entra em joguinhos e muito menos os inicia. Com o passar dos anos ela compreendeu o que era responsabilidade emocional e aprendeu a ter consigo e com os outros. Sabe que as decepções são inevitáveis, mas procura sempre observar o lado positivo da dor.


Ela não quer que a moldem, mas aceita ajuda para se moldar. Não pense que vai conseguir mudá-la. Ela se transforma, se achar necessário para sua evolução.

Moço, ela não precisa de indecisão, mas sim de um homem que saiba aquecer seu coração e ao mesmo tempo oferecer um ombro amigo na hora da confusão. É que de bagunça já basta ela. É bagunça no guarda-roupas, na correria do dia a dia, na agenda e até no coração.

Se você soubesse a bagagem que ela carregou sozinha para chegar até aqui e se tornar quem ela se tornou, você jamais ousaria chegar sem ter plena convicção das suas reais intenções.

Ela é completa, cheia de si e não precisa que ninguém seja a sua outra metade. Ela não é feita de metades. Ela procura alguém que saiba transbordar sozinho, porque juntando dois que transbordam é mais fácil formar um rio de amor e felicidade.


Não espere que ela abandone o que a faz bem por você. Seja um amigo ou um hobby. Com o passar das decepções, ela aprendeu que há pessoas que estão apenas de passagem pelas nossas vidas e outras que chegam para ficar até o fim, mas todas, sem exceções, acrescentaram alguma bagagem em sua vida e por isso aprendeu a amar cada um como se fossem até o fim ao seu lado. E, bom, os hobbies dela são sua forma de escape do mundo real para o mundo que vive no seu interior.

E sorte a sua se conseguir adentrar, hein?! Você se espantaria. Não é cor-de-rosa e nem cheio de unicórnios como você deve pensar não. É um mundo com responsabilidade emocional, empatia e muito amor. A única lei por lá é “ame como se o amanhã não existisse”. Por isso ela é assim, sabe?! Tem o riso frouxo e ama a simplicidade que é viver. É livre e quer voar, conhecer o planeta todinho, conquistar seu espaço e provar para o que veio – mesmo sem ter 100% de certeza do motivo ainda.

Moço, ela é todinha dela, sem tempo para maré ruim, atrasos e gente sem foco de vida, por isso eu o aconselho a não entrar nesse coração, porque, se você se aprofundar, tenho certeza de que não vai querer sair nunca mais.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123rf / arthurhidden






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.