Pessoas inspiradoras

Modelos maranhenses, filhas de quilombolas fazem sucesso ao se tornar capa de revista internacional!

As talentosas irmãs têm uma história de superação muito especial. Conheça!



Yacy e Yara Sá, duas irmãs de São Luís, no Maranhão, têm conquistado o seu espaço como modelos depois de muito esforço e dedicação.

Em uma matéria da Universa, as irmãs, atualmente na casa dos 30 anos, falaram mais sobre a sua história. Filhas de quilombolas, elas tiveram uma infância pobre, alimentando-se de manga com farinha de mandioca por muitas vezes e sendo ameaçadas de despejo junto com a família.

Sua mãe Maria trabalhava como agente penitenciária e complementava a renda como costureira para criar os quatro filhos. Por conta das dificuldades enfrentadas pela família, as jovens enxergaram nos estudos uma oportunidade de melhorar de vida.


Yara se formou em Ciência da Computação, na Universidade Federal do Maranhão, e passou em um concurso público, em 2011. Yacy, por sua vez, formou-se em Nutrição, na mesma instituição, e conseguiu emprego em um hospital público. As duas eram as únicas negras em suas turmas da faculdade.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@yacysa.

Elas sempre quiseram ser modelos, mas conheceram o racismo desde cedo, o que fez com que pensassem que nunca seriam aceitas na profissão, até mesmo porque não viam mulheres semelhantes a elas na televisão ou nas revistas.

Quando meninas, foram levadas pela mãe a uma seletiva de modelos em sua cidade, mas não passaram. Entre as escolhidas, estavam apenas meninas negras de pele mais clara.


Modelos com o seu tom de pele e feições mais marcantes não eram o padrão na época, segundo as irmãs, o que as abalou profundamente, fazendo-as acreditar que não poderiam seguir a carreira. Yara até mesmo teve sua autoestima comprometida, como consequência, sendo incapaz de enxergar beleza em si mesma.

Apesar disso, nunca deixaram de sonhar em ser modelos, e sempre quiseram fazer um bom trabalho para reviver os objetivos de criança. Em 2018, perceberam que a diversidade estava sendo mais abordada na moda, então decidiram investir na carreira dos sonhos.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@yarasa____.

Com o dinheiro da venda do carro de Yara, as irmãs compraram passagens para São Paulo, para estar mais perto das oportunidades. Nessa época, precisaram enfrentar outro desafio: a idade. Elas não tinham mais 17 anos mas, por sorte, conseguiram oportunidades por terem aparência jovem.


No início, precisaram aceitar trabalhos com cachê baixo, para construir seu portfólio, e enfrentaram desafios para se sustentar na cidade, sem uma renda fixa, mas as dificuldades apenas as encheram de coragem e, com o passar do tempo, as recompensas começaram a chegar.

A campanha para a coleção outono/inverno 2019, da designer Paula Raia, e desfiles na Casa de Criadores deram visibilidade ao seu trabalho, com isso entraram na agência Ford Models, desfilaram no São Paulo Fashion Week, participaram de ações de marcas, editoriais de revistas e conquistaram a grande oportunidade de ser capa da edição brasileira da “Marie Claire”, famosa revista francesa, em setembro de 2019.

Hoje, com carreiras mais consolidadas, elas encantam com sua beleza única, e defendem a bandeira de que a representatividade siga evoluindo no mundo da moda. Yacy e Yara são, sem dúvidas, inspiradoras. Desejamos todo sucesso a elas em sua carreira!


“Sem reboco, mas em casa própria.” Jovem compartilha alegria de ter o próprio lar!

Artigo Anterior

Mulher vê idoso trabalhando à noite, na rua, e compra todo o seu estoque para que possa descansar

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.