Pessoas inspiradoras

Moradores deixam alimentos nas estradas para caminhoneiros que não têm onde comer

Moradores deixam alimentos nas estradas para caminhoneiros que não tem onde comer

Moradores se mobilizaram para fornecer alimentos a esses profissionais depois de restaurantes ao longo das estradas serem fechados devido à pandemia do coronavírus. 



Os motoristas de caminhão fazem parte de uma das classes de profissionais essenciais em qualquer período do ano. São eles que fornecem os equipamentos que encontramos em lojas de utilidades e os alimentos que compramos nos supermercados, por exemplo.

Mas, se eles trabalham para servir à população, quem os serve, ainda mais diante de pandemia tão grave quanto a do coronavírus?

Pois bem, na Alemanha, os próprios moradores estão se reunindo para ajudar esses profissionais dedicados a passar por este momento tão difícil.


Um vídeo que tem circulado nas redes sociais mostra pessoas descendo de seus veículos e deixando cestas de alimentos para os caminhoneiros no canteiro central de uma rodovia.

Pelas imagens, é possível notar grande quantidade de alimentos, como água, pão, biscoitos e até frutas, sobre as barreiras de proteção.

Confira a seguir:

Atitudes como as retratadas no vídeo devem servir de exemplo para todos nós, pois mostram que quando todos colaboram, podemos ajudar a mudar a realidade de muitas pessoas.


Na Alemanha, assim como em muitas outras partes do mundo, os caminhoneiros estão com dificuldade para encontrar estabelecimentos abertos ao longo das estradas. Isso porque muitos foram fechados devido à recomendação de quarentena, principal forma de a população se prevenir contra a contaminação pelo novo coronavírus.

Mas se os restaurantes estão fechados, como os motoristas matarão a fome?

Esse questionamento moveu os alemães a tomarem essa iniciativa solidária e extremamente importante neste momento. Não há gesto mais poderoso do que aquele em que se conta com a união!

Os caminhoneiros são profissionais que passam a maior parte do ano longe do aconchego de seus lares e do carinho de suas famílias, pois precisam fazer chegar o alimento à mesa de outras pessoas.


Imagine-se como deve ser angustiante dirigir por longos percursos, acompanhado apenas pela solidão e pela incerteza de quando se vai poder voltar para casa, ter de conviver com a falta do abraço do filho querido ou do amor da esposa. Com certeza, essa angústia deve fazer parte da rotina diária desses profissionais.

Mesmo sem ter a intenção, os moradores da Alemanha estão transmitindo o recado que deve ser seguido pelas nações do mundo todo.

Os motoristas de caminhão são parte fundamental da engrenagem que abastece cidades, movimenta economias e garante o alimento de toda a população. Que possamos aprender essa lição com os heróis anônimos alemães e reconheçamos o trabalho fundamental desses profissionais.

O que você achou dessa atitude?


Deixe o seu comentário e compartilhe este texto em suas redes sociais.

 

 Direitos autorais da imagem de capa: reprodução.


O seu vestido de noiva preferido revelará como você age em relacionamentos sérios

Artigo Anterior

O medo existe para nos orientar na vida, não para nos privar de viver

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.