Pessoas inspiradoras

Motorista sacrificou seu próprio carro para parar uma mulher que dirigia inconsciente

capamotorista sacrificou seu proprio carro para parar uma mulher que dirigia inconsciente
Comente!

Em um ato heroico, o motorista evitou muitos acidentes no trânsito e provou que tem um grande coração!

Os bens materiais que conquistamos na vida são uma representação de nosso esforço e dedicação e ajudam a dar significado ao nosso dia a dia. Quando conseguimos comprar algo que sempre desejamos graças ao nosso próprio trabalho, sentimos uma alegria muito grande, e uma sensação de dever cumprido.

No entanto, muitas vezes a vida nos faz passar por alguns testes para provarmos que não estamos nos deixando levar pelas conquistas alcançadas. Através de uma situação arriscada, que nos coloca frente a frente a uma escolha, que testa se o nosso coração ainda está no lugar certo.

Quando apresentadas a esse tipo de realidade, as pessoas empáticas, com uma natureza bondosa e um senso de realidade corretamente desenvolvido, sempre fazem a escolha certa, e acabam se tornando verdadeiros heróis.

Essas pessoas reconhecem que, ainda que o material nos traga conforto, prestígio e tranquilidade, em certos momentos não podem ser considerados uma prioridade, especialmente quando a vida de outra pessoa estiver em risco.

O caso que trazemos a seguir mostra uma dessas pessoas de coração tão poderoso em prática e com isso ajudou a salvar a pelo menos uma vida.

Henry Temmermans, um homem de Nunspeet, na Holanda, estava dirigindo normalmente pela estrada quando se deparou com algo bastante estranho. Um carro que estava atrás dele na rodovia parecia desgovernado, como mostram as filmagens de um outro veículo que estava na pista.

Esse carro havia invadido o gramado da rodovia e em seguida voltou para o asfalto sem qualquer tipo de controle. Claramente, o condutor estava com algum problema, e precisava de ajuda.

Temmermans percebeu que a situação era séria, e que se nada fosse feito, não iria demorar muito até que um acidente potencialmente sério acontecesse. Nesse momento, ele agiu com uma empatia fora de série e mostrou que sabe muito bem diferenciar as prioridades quando colocado em uma situação de risco.

Sem pensar duas vezes, ele resolveu colocar o seu carro na frente do veículo desgovernado, pois sabia que o impacto faria com que ele parasse, e o impediria de seguir sem controle, colocando a vida de vários condutores em risco.

O carro que seguia atrás do veículo desgovernado gravou toda a cena heroica. Assim que a colisão aconteceu, Henry rapidamente saiu de seu carro e foi em direção ao outro, para averiguar o que estava acontecendo com o motorista inconsciente.

A mídia local RTV Nunspeet relatou que a mulher que conduzia o carro desgovernado foi levada a um hospital para maiores investigações sobre o seu estado de saúde, mas que apresentava algumas costelas quebradas.

Segundo o Daily Mail, Temmermans disse à mídia local que o outro motorista parou para a ajudar e chamar o socorro, e que eles perceberam que ela havia vomitado. Após o ato, o marido e a filha da mulher entraram em contato com ele para agradecer por seu raciocínio rápido.

O condutor ainda foi chamado à prefeitura local para que as autoridades civis pudessem honrar suas ações. No entanto, ele disse que não se considera um “herói”, acrescentando que apenas fez o que tinha que fazer, já que temos que ajudar as pessoas necessitadas.

Embora não exista uma informação oficial sobre como a mulher está atualmente, sabemos que a atitude de Henry, que não se importou em danificar o próprio carro, fez total diferença para que a situação não se agravasse ainda mais.

Esse caso nos mostra que, apesar de constantemente encontrarmos condutores imprudentes, ainda existem pessoas que dirigem também com o coração, colocando como seu foco a segurança das pessoas acima de qualquer bem material. Temmermans merece os nossos aplausos.

Comente!

Acúmulo emocional: Aquela sensação de que, uma hora, vamos explodir!

Artigo Anterior

Pessoas tóxicas não querem te amar, elas querem te usar

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.