A mudança de atitude é muito mais valiosa do que pedidos de desculpas!

Mudança é uma palavra que tende a assustar as pessoas. Temos medo daquilo que é novidade e que exige que nos esforcemos além do que estamos acostumados.

Por esse motivo, muitas vezes damos mais valor às mudanças que beneficiam nossas vidas pessoais e contemplem nossos desejos, como um carro novo, mudança de cidade, roupas novas, do que aquelas que nos tornam pessoas melhores.



O que não percebemos, no entanto, é que o foco apenas em mudanças egoístas nos torna escravos dos bens materiais e de um mundo de aparências.

Enquanto a mudança apenas existir apenas como algo superficial, uma palavra perdida em meio a nossas vidas, ela nunca cumprirá o seu efeito transformador. Como diz Dalai Lama, devemos ser a mudança que queremos ver no mundo. Isso significa que tudo começa dentro de nós.

Podemos substituir tudo o que temos, até mesmo as pessoas ao nosso redor, por outras que satisfazem melhor nossas necessidades, mas enquanto mantivermos o mesmo comportamento, sempre chegaremos aos mesmos resultados.

Nossas vidas precisam constantemente de um sopro de ar fresco, perspectivas ampliadas e objetivos renovados. Quando ficamos estagnados no tempo, nos tornamos infelizes e não realizados, o que prejudica não apenas nosso relacionamento com nós mesmos, mas também com as pessoas que, de alguma forma, fazem parte de nossas vidas.


A busca pela realização é alegria é fundamental para a mudança de atitude, pois quando nos sentimos inspirados a fazer melhor, a mudança se torna mais simples e vem naturalmente. O mundo precisa mais de gente motivada, que transforma suas palavras em ações.

Se você quer ter amizades mais sinceras e fiéis, comece a mudança em si mesmo e esteja mais atento ao que seus amigos estão vivendo.

Quer um relacionamento mais feliz e pacífico? Corte os hábitos de ciúme e possessividade em si mesmo, em primeiro lugar e veja a diferença que fará no comportamento de seu parceiro.


Deseja um mundo mais generoso? Não ignore todas as pessoas nas ruas, precisando de uma mão amiga. O nosso poder não está em desejar uma realidade melhor, mas sim nas atitudes que tomamos, na organização de objetivos e na motivação para ir atrás de nossos desejos, sejam quais forem.

Em nossos relacionamentos pessoais, a convivência nem sempre é fácil. Cada pessoa tem uma personalidade própria, essa realidade pode levar a desentendimentos.

Porém, é frequente nosso hábito de tentar fazer com que o outro mude para se enquadrar naquilo que consideramos ideal e saudável. Nós não sabemos respeitar as diferenças, e isso é o que causa grandes conflitos e rompimentos de diferentes tipos de relações. Precisamos entender que cada um vive da maneira que acha melhor.

Ao invés de magoar seu parceiro de todas as maneiras possíveis e se arrepender e implorar por desculpas, quando perceber que tudo está perdido; ao invés de desprezar as chances que recebeu de melhorar; ao invés de manipular outras pessoas para acreditarem em suas mentiras disfarçadas de desculpas, mude o seu comportamento!

A felicidade verdadeira nunca existirá em meio a manipulações, falsidades, falta de caráter, egoísmo, prepotência e intolerância.

A mudança de atitude é mais valiosa do que todos os pedidos de desculpa existentes reunidos.

Mudanças não são temporárias, não consiste em fazer coisas para agradar a outra pessoa para fazê-la esquecer de todos os seus erros. A verdadeira mudança está no respeito, na humildade, na sinceridade, na fidelidade, no cuidado e carinho com as pessoas. E essas mudanças, como dito acima, só acontecem de dentro para fora.

Deixe de conservar negatividade, abra-se para novas perspectivas e possibilidades, alimente a esperança, ame a vida e valorize as pessoas que estão ao seu lado.

E se estiver perto de pessoas que não contemplem sua nova visão de vida, afaste-se! Será melhor para sua vida e o fará incrivelmente mais feliz!

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.