ColunistasComportamento

Mudei o meu comportamento, a minha visão, meu jeito de agir! na vida, tudo muda!

MUDEI

Mudei o meu comportamento. Mudei minha visão, mudei de cidade, mudei o meu estado de ser.



Mudei o meu jeito de agir e o meu olhar sobre o mundo. Mudei o meu sentido de querer, de ser e de estar aqui.

O que me fez mudar foi o meu entendimento de compreender melhor a vida. E nesta vida o que se busca compreender é o complexo entendimento de si, do outro e do meio.

Mudei para não me estacionar na vida. Mudei para não me estacionar no teu olhar.


Aqui, sentir, viver… E relembrar as mudanças em mim. Não é só o mudar, mas também o jeito de encarar a vida. Onde a mudança é necessária.  No constante alívio de ser. No constante querer se transformar. Nessa metamorfose de ser. Neste jeito de querer mudar para estar aqui. Despida de todo aprisionamento que me fazia parar no território invisível de ser.

Mudei para encontrar uma razão de não se ter razão de mudar. Simplesmente por que a vida muda.

Mudei para tentar entender melhor o ser. O meu ser e o ser que me ajuda a mudar.

Mudei por emoções esperadas, seguras e extravasadas de mim.


Lá, onde tudo se muda, eu preferi tentar permanecer na mudança em mim.

Aqui, onde o tempo não espera, eu prefiro mudar para seguir.

E para continuar! Quando tentei esconder as mudanças descobertas em mim. Tiver que esclarecer que toda mudança faz parte da vida daquele que vive.

Mudei para encontrar um real sentido de ser, de viver e de amar a vida.


As mudanças nos trazem o gosto amargo de querer viver tudo outra vez. De sempre mudar, de se descobrir e de mudar.

Eu mudei todas as vezes possíveis.  Não é o lugar que te faz mudar, mas sim, as consequências da vida.

Mudei para estar aqui. Dizendo o que sei de mim e aprendendo a viver a única vez que temos de vida.

Mudei para ser aquilo que sempre sonhei. Mudei o real sentido de mim para entender que na vida tudo muda.


É mais difícil faxinar a alma que a casa toda!

Artigo Anterior

Não se contente com amores fracos, amor aos pedaços, com qualquer um!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.