4min. de leitura

Muitas vezes, as pessoas mais humildes são as mais generosas

Muitas vezes, as pessoas que menos têm são as mais dispostas a compartilhar.


Você já reparou que na grande maioria das vezes a ajuda vem sempre das pessoas mais simples? Quando vemos alguém passando por uma grande dificuldade na vida ou até mesmo quando somos nós que precisamos de ajuda, quase sempre quem está de prontidão para nos ajudar, e parece não ter apego nenhum com o que é seu, são as pessoas aparentemente mais “desfavorecidas” pela vida.

Essas pessoas não possuem a melhor casa, o carro mais novo e muitas vezes têm muito menos do que nós, mas não medem esforços para nos confortar e fazer o que estiver ao seu alcance para que nos sintamos acolhidos.

Algumas vezes podemos nos questionar sobre suas atitudes. Se elas possuem tão pouco, muitas vezes insuficiente para si mesmas, porque nos ajudam? E por que as pessoas que têm muito mais do que precisam não são capazes de oferecer o mínimo a quem perdeu tudo o que tinha ou precisa de uma oportunidade?


A resposta é muito simples: as pessoas humildes sabem o que é passar por dificuldades.

Suas vidas nunca foram fáceis e, em muitos momentos, elas tiveram que contar com a bondade daqueles ao seu redor. Elas já se decepcionaram muitas vezes, mas também enxergaram o amor ao próximo de perto, por isso sempre que veem alguém em situação parecida, lembram-se de si mesmos e da ajuda que receberam, compreendendo que agora devem passar o bem para frente.

Essas pessoas pensam primeiro com o coração e sabem que ninguém merece passar por aquilo que já passaram. Elas se sentem muito felizes em poder oferecer ajuda e em fazer parte da transformação da vida de alguém. Para elas, colocar um sorriso no rosto de quem chora é a maior recompensa que podem receber.

É claro que existem situações em que a realidade se inverte, também podemos receber ajuda das pessoas que vivem na abundância, até porque a bondade de uma pessoa não é determinada pelo seu nível de riqueza e existem muitas pessoas poderosas que fazem uma grande diferença no mundo com suas atitudes.


No entanto, na grande maioria das vezes, a bondade se mostra mais pura no coração daqueles que já viram a dificuldade de perto.

A dor muda a gente, torna-nos mais humanos, empáticos e amorosos, desperta o desejo de cuidar do outro e de combater tudo aquilo de ruim que já passamos. Ensina-nos a estender as mãos, ao invés de criar barreiras.

A generosidade é a recompensa daqueles que já passaram pelos piores dias e sobreviveram com um sorriso no rosto, e é por isso que sempre poderemos contar com essas pessoas.


Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: Jan Andersen/123RF Imagens.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.