6min. de leitura

Muitas vezes o motivo do meu choro não é fraqueza, mas sim o cansaço de ser forte!

Em nossas vidas, somos confrontados com problemas e situações difíceis, constantemente. E não temos outra opção a não ser sermos fortes e enfrentar a situação de cabeça erguida.


No entanto, existem momentos em que nos cansamos, ultrapassamos os limites de nossas forças e não nos resta nada a fazer a não ser deixar ir. Nessas situações, o choro aparece e nos entregamos, mas isso não é um sinal de fraqueza.

Nós estamos cansados de ser fortes e recorremos a essa forma de libertação de nosso excesso de força.

Muitas vezes, conversas não resolvem porque as pessoas podem não entender nossas realidades.

Para o seu próprio bem, não tente colocar todo o peso do mundo em seus ombros, não é sua responsabilidade. Carregue consigo apenas as coisas e pessoas que são essenciais e que despertam o desejo de se tornar sua melhor versão a cada dia.


Não esqueça de separar em seu coração um espaço para si mesmo e suas necessidades. Se a sua necessidade atual for descarregar todo o peso que leva em seu coração através de lágrimas, assim seja! Não negligencie o cuidado consigo mesmo.

Somente os fortes se permitem chorar.

É possível que você tenha sido educado em um sistema de crenças que defende que as lágrimas são sinônimo de fraqueza e que são vergonhosas, e por isso devem ser reprimidas. Podem ter-lhe ensinado que a vida já é difícil demais e que chorar não resolve nenhum problema que possa ter, que é inútil. Esse padrão de supressão de emoções pode desencadear o surgimento de sérias dificuldades emocionais a médio e longo prazo.

  • Quando não choramos, mantemos escondido dentro de nós a nossa insatisfação com nossas vidas e usamos máscaras que, muitas vezes, convencem aqueles ao nosso redor de que estamos bem, o que nos impede de conseguir a ajuda que tanto ansiamos.
  • A persistência em fingir estar bem e mascarar problemas e angústias pode nos levar a esconder nossas próprias questões não apenas daqueles ao nosso redor, mas também de nós mesmo. Dessa maneira, podemos nos encontrar em uma situação de não saber o que está errado conosco e nos perder na busca por ajuda.
  • Os problemas que não resolvemos provém das emoções que mantemos dentro de nós mesmos, e que podem nos causar até mesmo consequências físicas como dores, doenças, exaustão e tensões pelo corpo.

É impossível sempre manter uma postura forte. Todos precisamos nos  permitir momentos de alívio, nos quais as lágrimas podem funcionar como um liberador de tensões e estresses.

A força nos momentos difíceis da vida

Nos momentos em que as pessoas nos tratam com falta de apreciação, respeito, consideração e amor, e quando a sociedade tenta reprimir nosso verdadeiro “eu” através de regras, é preciso ser muito forte.


Só você sabe o que fez para estar onde está hoje, do que teve que abrir mão e o que isso lhe custou. É fundamental estabelecermos limites e darmos apenas aquilo que temos. Não devemos abrir mão de nossa felicidade completa por outra pessoa, ainda mais se não recebemos retorno algum.

Para uma vida saudável e verdadeiramente feliz, é necessário o equilíbrio. Os conhecimentos abaixo são guias para ajudar a cumprir as tarefas diárias com consciência:

  • Tratar-se bem. Na prática, isso significa investir em seu crescimento, aproveitar e criar momentos felizes com a maior frequência possível, relacionar-se com pessoas que o motivem a melhorar, ter tempo de descanso e amar a si mesmo.
  • Deixar ir as coisas/pessoas que estão no caminho do seu crescimento. Muitas vezes não é fácil abrir daquilo que nos é confortável, mas é necessário nos livrarmos das coisas que não nos fazem bem para criarmos oportunidades mais iluminadas para nossas vidas.

Para finalizar, é importante ressaltarmos que a força também está em permitir-se ser “fraco” em determinados momentos. Mas o que significa “ser fraco”? Ser fraco é aprender a dizer “não” a si mesmo, quando sente que está se sobrecarregando de responsabilidades, dar permissão para fazer pausas quando se sentir exausto e exigir o respeito e o reconhecimento que você merece.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.