Família

Mulher adotou bebê abandonada perto de sua casa. Após 20 anos, ela lhe retribuiu com uma casa!

capamulher adotou bebe abandonada perto de sua casa Apos 20 anos ela lhe retribuiu com uma casa

Essa filha provou que o amor e gratidão pelos pais são duas forças muito poderosas. Confira essa incrível história!



O amor que temos pelos filhos é um dos sentimentos mais puros que conheceremos na vida. Nos esforçamos dia após dia para oferecê-los o melhor da vida, e encontramos forças até nos momentos mais difíceis para seguir caminhando, porque sabemos que eles precisam de nós.

Desde o momento em que chegam até nós, os filhos mudam completamente a nossa jornada, e nos fazem descobrir qualidades e forças que nem mesmo sabíamos possuir. Por eles, fazemos o que for preciso.

Os pais e mães de verdade plantam uma semente no coração de seus filhos, que crescem com o tempo e dão origem a frutos lindos e muito poderosos. A história que contamos a seguir é sobre isso. Uma matéria do site indonésio Tribun-Timur, publicada originalmente pelo portal vietnamita, Tintucnuocuc, contou a história muito poderosa e cativante de uma mãe e filha chinesas.


Hu, uma mulher bastante pobre da China sempre quis ser mãe, apesar de todas as dificuldades financeiras que enfrentava com o seu marido. Seu sonho por muito tempo teve que ser adiado, até que ela fosse apresentada a uma circunstância muito transformadora.

Um certo dia, há cerca de 25 anos, Hu estava em um depósito de lixo procurando comida, até que se deparou com a última coisa que poderia imagem: uma bebê abandonado dentro de uma lata.

Sem pensar duas vezes, Hu levou a menina para a sua casa, na rapidamente o levou para sua casa, em uma cidade do interior da China. Sabendo que a bebê provavelmente não tinha ninguém, ela resolveu adotá-la a criá-la como filha, realizando assim o desejo da maternidade.

O marido também se animou muito com a chegada da pequena, por também sonhava em ter os próprios filhos. No entanto, criá-la não foi nada fácil. A família não tinha o mínimo para sustentá-la, e sofria até mesmo para comprar o leite que a criança precisava, tendo que sobreviver com o mínimo.


Quando a criança estava com 4 anos, um acontecimento triste dificultou ainda mais a situação da família. O marido de Hu morreu, deixando-a sozinha para cuidar da menina. Com essa realidade, a mulher teve que mostrar toda a sua força e dedicação de mãe, em uma rotina nada fácil.

Hu começou a trabalhar de quase tudo, desde vender verduras em mercados até grilos. Assim como qualquer mãe que ama o seu filho, ela não escolhia com o que trabalhar, apenas se certificava de que teria como oferecer o mínimo do que a menina precisava.

Aos trancos e barrancos, a chinesa foi capaz de completar a sua missão, e ofereceu o melhor que podia para a filha, até que se tornasse adulta. Ao atingir certa idade, a filha acabou deixando o colo da mãe para buscar uma melhor condição de vida.

Alguns anos depois, se casou e teve os próprios filhos, mas jamais deixou de honrar a esforçada mãe. Muito pelo contrário, ela encontrou uma maneira muito poderosa de dizer “obrigada” por toda a força que precisou ter para criá-la sozinha, com uma condição financeira nada favorável.


A filha transformou a modesta casa de Hu em um lar grande, de dois andares, realizando um sonho antigo da mãe. Embora não more mais com ela, a filha a visita com frequência, garantindo que esteja sempre bem.

Hu, que tem um espírito muito humilde, segue trabalhando, mesmo que sua condição de vida tenha melhorado. Ela corta lenha, cultiva legumes e cria galinhas. A mulher não quer ser um fardo para a filha, mesmo que agora seja sustentada por ela.

Essa história é realmente tocante, e mostra que os esforços dos pais e mães nunca passam despercebidos, e que existem filhos muito responsáveis e gratos, que não fecham os olhos para todos os sacrifícios dos pais, mas encontram incríveis maneiras de honrá-los. Por mais filhos como essa mulher!


A quantidade de cavalos que você enxergou na imagem revela o quão evoluído é o seu QI!

Artigo Anterior

Menino de 16 anos se torna pai solteiro e mãe se orgulha: “Muitos homens adultos fogem disso”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.