Animais

Mulher adotou cão velhinho e descobriu que era seu cachorrinho de infância

CapaMulher adotou cao velhinho e descobriu que era seu cachorrinho de infancia

Uma linda história de reencontro que prova o quanto o laço entre animais e humanos é poderoso!



Quando Nicole Grimes, do estado americano da Pensilvânia, avistou uma cadela que era o resultado da cruza de um lulu da Pomerânia com um poodle para adoção no Facebook, ela achou que o animal parecia estranhamente familiar.

Nicole diz que se lembrou de seu amado filhote de cachorro de infância chamado Chloe, então decidiu adotar a cadela de 11 anos, como por um capricho.

Em declarações ao portal de notícias BBC, Nicole disse que quando descobriu que tanto a cachorrinha presente na sua infância quanto a que descobriu nas redes sociais se chamavam Chloe, achou o fato muito estranho, pois a coincidência era no mínimo curiosa.


Quando Nicole e o novo animalzinho ficaram, finalmente, cara a cara, foi que lhe ocorreu: não se tratava de uma louca coincidência de nome dos dois cachorros, a cadela que adotou, agora como mulher adulta, era a mesma Chloe que esteve com ela durante parte da infância!

No primeiro encontro, ela correu até Nicole, lambendo seu rosto. Foi nesse momento de reconhecimento de sua antiga dona, que Nicole diz ter sentido que aquela era a mesma Chloe do passado!

2 Mulher adotou cao velhinho e descobriu que era seu cachorrinho de infancia

Direitos autorais: reprodução/arquivo pessoal.

No entanto, seu marido foi mais cético. Como conta a mulher, ele achou que a esposa não estava bem da cabeça, então foram verificar o microchip instalado no pet tantos anos atrás.


As suspeitas de Nicole então foram confirmadas, seu coração estava certo! Chloe era, de fato, a mesma cadelinha que a jovem teve de abrir mão quando era uma criança. O casal ficou espantado com o resultado, mas não havia mais como negar, Chloe tinha retornado para casa!

Originalmente, a cachorrinha teria sido um presente da avó de Nicole, quando esta tinha apenas 10 anos. A jovem conta que, nessa idade, tudo que mais queria era um cachorrinho para chamar de seu, por isso sua avó, ou Nana, como a chamava, prontificou-se a realizar o desejo da menina.

Nicole se lembra vividamente da primeira vez que viu Chloe, quando sua avó a surpreendeu com o presente que tanto queria! A cachorrinha estava usando um laço rosa quando Nana a entregou para Nicole, e as duas se tornaram melhores amigas!

A avó de Nicole faleceu há alguns anos, logo não pôde ver a reunião da neta com o animalzinho que um dia ela lhe deu de presente. Mas a jovem diz que o reencontro com Chloe ajudou até mesmo sua família a processar a perda de Nana.


Mas nem tudo foram flores e risadas na trajetória de Nicole e Chloe! A garota teve de se separar de sua amada cadelinha ainda na adolescência. Lembrando-se do dia em que teve de entregar Chloe para adoção, Nicole conta da tristeza da despedida.

Seu pai havia conseguido um novo emprego, trabalhava de casa, mas Chloe era muito tagarela, latia muito e ele tinha que ficar ao telefone o tempo todo, o que dificultava os afazeres de seu ofício. Quando seu pai foi buscá-la na escola com Chloe, no banco de trás, Nicole sabia que havia chegado o momento de entregá-la para adoção.

3 Mulher adotou cao velhinho e descobriu que era seu cachorrinho de infancia

Direitos autorais: reprodução/arquivo pessoal.

O que confortou o coração de Nicole foi saber que Chloe se adaptou bem à casa do novo dono, então, anos depois, elas se reencontraram! Com os sinais do tempo se mostrando, Nicole conta que a cachorrinha está um pouco menor e perdeu os dentes, mas ainda adora correr. Chloe agora está brincando com a próxima geração da família de Nicole, já que sua filha de 4 meses, Violet, e a cadelinha já estabeleceram vínculo. Nicole sente seu coração aquecido quando vê as duas juntas.


Mãe desabafa por marido se negar a cuidar de filho com covid: “Me chamou de todos os nomes possíveis”

Artigo Anterior

Mulher passa protetor solar em vendedora de picolé que trabalhava embaixo do sol forte

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.