Comportamento

Mulher diz que dorme com o irmão “para se aquecer” e revolta namorado

capa site Mulher diz que dorme com o irmao para se aquecer e revolta namorado

A mulher compartilhou sua suposta história de maneira anônima e explicou que foi acusada de traição depois que seu namorado os flagrou juntos.

Cada família estabelece um tipo de vínculo e de relação de seus membros. Existem aquelas mais amorosas, que gostam de compartilhar momentos e não perdem a oportunidade de abraçar e beijar os que amam, as que dispensam qualquer tipo de contato físico e as que abrem exceção para os parentes próximos.

Não existe uma forma de vivência certa quando o assunto é afeto, e cada criação pode valorizar certos aspectos que outras não valorizam, por exemplo, existem irmãos que desde o nascimento vivem grudados e os que não se suportam, talvez pelo ambiente em que cresceram ou pela própria personalidade.

Também é comum estranharmos certos tipos de relações, sempre nos baseando naquilo que conhecemos, esperando medir o mundo inteiro com a nossa régua. Adentrando outras culturas, por exemplo, as chances de nos deparar com costumes e hábitos que fogem totalmente do que você faz são enormes, e nem por isso devemos diminuir a história e o contexto dos demais.

Uma usuária compartilhou uma história anônima, contando que estava em um mau momento com o namorado depois que ele a acusou de praticar incesto com o próprio irmão. A mulher contou que dividiu a cama com o irmão e que o companheiro não gostou do que presenciou: os dois dormindo juntos.

O relato foi feito no Reddit, uma plataforma voltada para os usuários publicarem histórias e pedirem opinião. Nesse caso, a mulher anônima escreveu que tem 20 anos e mora com o namorado, de 21. A estudante universitária explica que não vê o irmão com frequência porque faz faculdade fora de seu estado natal, mas que ele tinha enviado uma mensagem dizendo que ia visitá-la, já que ia resolver alguns negócios em uma cidade próxima à dela.

A jovem conta que tinha tido um dia cheio na data em que ele chegaria, por isso disse ao irmão que deixaria a porta aberta para que ele entrasse sem precisar acordá-la. Segundo seu relato, o irmão deveria chegar por volta das 6h (não fica claro se da noite ou da manhã) e que o namorado tinha ido passar o dia com os pais, já que sua mãe não estava se sentindo bem.

Às 6h30, o irmão chegou à casa da jovem e tentou acordá-la, mas sem sucesso. Ele então teria dito que apenas queria se deitar, já que também estava cansado. Ela permitiu e os dois logo adormeceram. Cerca de quatro horas depois, o namorado acordou os dois aos gritos, dizendo que aquela atitude era “basicamente uma traição”, perguntando se eles tinham feito sexo ou se estavam em um relacionamento incestuoso.

A jovem se apressou em explicar que eles sempre dividiram a cama quando moravam juntos e que sua atitude nada tinha de física. O namorado denunciou que eles estavam se aconchegando debaixo dos cobertores, ao que a menina anônima respondeu que isso era o que as pessoas normais faziam quando dividiam a cama e estava frio.

Sentindo que o namorado estava sexualizando seu relacionamento com o próprio irmão, ela se irritou com a situação e decidiu sair de casa no fim de semana. Os dois ficaram juntos em um hotel enquanto ela esperava que o companheiro aprendesse a administrar seu ciúme doentio. Assim que voltou à sua casa, explicou ainda que ele passou a ignorá-la.

Nos comentários, as pessoas se dividiram entre o que acham certo e o que acham errado. Enquanto alguns defenderam abertamente que é natural e saudável ter esse tipo de relacionamento com os irmãos, outros afirmaram que não era necessário se aconchegar debaixo dos cobertores.

Um usuário explicou que achava estranho o comportamento da jovem, mas que isso não dava o direito de o namorado atribuir a um relacionamento incestuoso. Outros ainda atribuíram essa explosão à provável quantidade de conteúdo adulto sobre incesto que ele estava consumindo, tecendo críticas ao comportamento do namorado.

0 %