Relacionamentos

Mulher diz ser feliz em casamento com marido gay e defende que a vida íntima do casal é “ótima”

capaMulher diz ser feliz em casamento com marido gay e defende que a intima do casal e otima

Esse casal dos EUA tem um relacionamento bastante diferente do tradicional. Conheça a sua história!



Quando pensamos em ter um parceiro romântico por toda a vida, uma das questões que já estão implícitas é que ele tenha a mesma orientação sexual do que a gente, mas será que é possível viver um amor ao lado de alguém que sinta atração pelo sexo oposto?

O casal estadunidense Brynn Embley, 35, e Matthew Nielson, 33, tem um modo de vida muito interessante, que pode responder a essa pergunta. Conforme contado em matéria do Daily Mail, a mulher Brynn se declara heterossexual, mas o seu marido se identifica como gay ou pansexual, e revela que sente mais atração por homens do que por mulheres.

Juntos desde 2017, já tiveram duas filhas, Amandine (2) e Guinevere (1). São membros da Igreja de Jesus Cristo e dos Santos dos Últimos Dias, e parecem muito felizes com os próprios acordos íntimos.


O casal se conheceu na própria igreja, em 2016, e após apenas alguns encontros, Nielson já abriu o jogo sobre a sua sexualidade. O homem se sentia assim desde a adolescência, mas nunca se sentiu encorajado a falar sobre isso porque a igreja não aceitava.

2Mulher diz ser feliz em casamento com marido gay e defende que a intima do casal e otima

Direitos autorais: reprodução Instagram/@gayprofessordad.

Brynn lidou muito bem com a confissão do companheiro, não vendo nada demais nisso. Embora ela tenha dito que a conexão química com outros parceiros tenha sido mais intensa, justamente por conta da atração, realmente não foi um problema para eles manter a relação, até porque afirmam ter uma vida íntima muito boa. Os estadunidenses chegaram a ficar separados por um tempo, quando Nielson admitiu que nutria sentimentos por um homem, mas se reconciliaram.

O homem, que nunca tinha se relacionado intimamente antes de Brynn, revelou que a tentativa foi um salto de fé e que sempre foram muito sinceros um com o outro sobre essa realidade, mas as coisas acabaram funcionando muito melhor do que esperavam após alguns ajustes de rotina.


Casado desde o fim de 2017, o casal feliz é monogâmico e segue a sua religião, mas afirma que deixará os filhos muito livres para entender a própria sexualidade e que os apoiará a ficar sempre seguros consigo mesmos. Uma das coisas que ajudam Brynn e Matthew a manter a união sempre nos trilhos é terapia e conversas semanais sobre sua vida sexual, em que trocam conselhos entre si.

3Mulher diz ser feliz em casamento com marido gay e defende que a intima do casal e otima

Direitos autorais: reprodução Instagram/@gayprofessordad.

Como já é de se esperar, mesmo que as coisas estejam funcionando bem para os dois, o casal ainda se depara constantemente com julgamentos e comentários negativos de pessoas que não entendem a sua forma de viver o amor.

No entanto, Brynn disse que não foca nessa negatividade, mas que quando se sente sobrecarregada, divide com o parceiro as suas angústias. Ela também declarou acreditar que existem muito mais pessoas gays, bi, pan ou outros do que podemos imaginar, isso porque elas preferem não falar abertamente sobre sua verdadeira orientação sexual.


Para ela, gostar e combinar com uma pessoa é muito mais importante para um relacionamento de longo prazo do que a atração entre os dois parceiros. Nas redes sociais, são bastante ativos, pois sempre compartilham fotos de sua rotina, seja a dois ou acompanhados das filhas.

Embora para muitas pessoas a sua relação possa ser vista como uma fachada e enganação, pelo que podemos perceber, ficar juntos foi uma escolha de ambos, que parecem estar comprometidos em fazer a união funcionar.

4Mulher diz ser feliz em casamento com marido gay e defende que a intima do casal e otima

Direitos autorais: reprodução Instagram/@gayprofessordad.

Essa realidade realmente nos faz questionar se podemos dar certo com alguém tão diferente de nós nesse aspecto. Cada um tem sua opinião pessoal quanto a isso, mas uma coisa é certa:  o exemplo desse casal mostra que não é impossível.


Presa ou predador? O rosto que você achou primeiro revela sua idade mental!

Artigo Anterior

Cada um vive o luto de uma forma, e ninguém está errado!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.