Notícias

Mulher é assassinada e atual namorado é baleado no PR; ex que não aceitava término é suspeito

Foto: Reprodução
menina

Silvana Aparecida de Lima, de 31 anos, foi assassinada a tiros na tarde desta sexta-feira (1º), em uma casa no bairro Nossa Senhora Aparecida, em Bituruna, região central do Paraná. A suspeita é de que o ex-companheiro dela tenha cometido o crime por não aceitar o fim do relacionamento com a vítima. O homem foi preso em Pinhão logo após o assassinato.

Conforme a Polícia Militar, depois de matar Silvana, o suspeito teria ido até um lava-car no Centro de Bituruna e atirado contra um homem que seria, de acordo com as primeiras informações, o suposto atual namorado da mulher. Uma outra mulher, que estava no estabelecimento, também foi atingida a tiros. As duas pessoas baleadas foram socorridas e levadas para o hospital.

O suspeito foi preso na sequência, pela Polícia Militar, em Pinhão.

Nas redes sociais, familiares e amigos fizeram homenagens em despedida à Silvana. A mãe da vítima escreveu: “Contigo vai parte de mim, filha”. O irmão compartilhou uma foto ainda criança com Silvana e lamentou o ocorrido, leia:

“Como a vida passa em um piscar de olhos e muitas vezes as mensagens motivacionais que vemos nas redes sociais acabam fazendo sentido tarde de mais e o tempo já passou para tentar voltar atrás ou querer mudar alguma coisa. Coração partido sem acreditar no que aconteceu meu Deus dai-nos força para suportar tudo isso. Descanse em paz minha irmã”.

A cunhada de Silvana também fez uma publicação, mencionando a filha da vítima, uma criança de aproximadamente dois anos: “Sil , que Deus te receba de braços abertos, descansa em paz , nós vamos estar aqui pra cuidar e amar o teu bem mais precioso”, disse.

O corpo da vítima foi velado na Capela Municipal de Bituruna neste sábado (2) e o sepultamento aconteceu no Cemitério Municipal, às 11h.

Atualização

De acordo com informações atualizadas da Polícia Civil, o suspeito se trata de Valdecir Luis Alves, de 45 anos. Ele teria ido até a casa da mãe de Silvana por volta do meio-dia desta sexta-feira e disparado contra o rosto da ex-companheira. Em seguida, segundo a polícia, ele foi até o posto de lavação de carros do atual namorado da vítima e disparou contra ele e sua irmã, que também estava no local.

O namorado de Silvana foi encaminhado para o hospital em estado grave. A irmã do homem também teve que ser hospitalizada.

Valdecir foi preso em Pinhão às 15h30, em um Ford Fiesta, quando se dirigia para Guarapuava.