Notícias

Mulher é pisoteada durante corre-corre para entrar em ônibus do BRT

A volta pra casa, depois de um dia de trabalho, não foi fácil para a diarista Cícera Aparecida da Silva, de 56 anos. Ela tentou entrar num dos ônibus articulados do sistema BRT, no terminal Alvorada, na Barra da Tijuca, quando caiu e foi pisoteada pelo corre-corre dos passageiros na abertura das portas dos veículos.



Na queda, Cícera acabou ferida, mas conseguiu ligar para o filho, que a encontrou na estação Pingo D’Água, na zona oeste, onde a diarista precisou aguardar, no chão do ônibus, pelo socorro do Samu.

Em um vídeo feito pelo filho dela, exibido pela TV Globo, Deivid Luiz contou que é a quarta vez que ela se machuca ao tentar embarcar num dos carros que circulam no sistema BRT.

“Estou com a minha mãe aqui, acidentada, dentro do BRT. Foi entrar, pisotearam ela aqui dentro do BRT, onde não tem uma prestação de serviço, onde não se tem uma ambulância para atender a pessoa. É essa situação que a gente vive”, disse o filho Deivid Luiz, que reclamou também do tempo de espera pelo socorro.


Cícera foi socorrida para o Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, onde passou a noite sendo observada pelos médicos. Ela teve uma das pernas enfaixada e recebeu alta hospitalar.

O Sistema BRT informou que prestou assistência à passageira e chamou a ambulância do Samu, que a levou para o hospital.

Justiça decide que pai de Britney Spears permanecerá como seu tutor

Artigo Anterior

Polícia prende mães das 7 crianças deixadas trancadas em casa tomada por lixo e sem água

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.