Comportamento

Mulher expulsa marido de sala de parto após brincadeira: “Tinha pedido que ele não fizesse”

capa Mulher expulsa marido de sala de parto apos brincadeira Tinha pedido que ele nao fizesse
Comente!

Ela havia dito que não faria nenhuma brincadeira, mas fez.

Uma mulher usou o fórum online Reddit para desabafar e pedir conselhos sobre sua decisão de ter “expulsado” seu marido da sala de parto por causa de uma brincadeira que ela não gostou.

Com o nome de usuário: “u / Throwawy654677”, a mulher escreveu que tiveram o primeiro filho, que o marido estava muito animado e foi muito solidário e atencioso durante toda a gravidez. Porém, ela contou que ele estava obcecado por vídeos de maridos “pregando peças” em suas esposas no Youtube e no TikTok. A mulher disse que não se importou no começo, mas que depois o marido começou a brincar, dizendo que seria muito engraçado se ele fizesse as coisas às quais assistia. Ela afirma que pediu claramente para ele não fazer nada daquilo, e ele concordou, mas continuou brincando de vez em quando sobre isso. Ela o ignorou, já que confiava nele, e pensou que aquilo não sairia dali.

No dia do nascimento, ela estava em trabalho de parto (que durou 12 horas), terminando mais uma rodada de contrações, quando seu marido soltou um peido bem alto e disse para ela: “Que diabos você tem comido?” e “Tem um cheiro nojento”. Ela disse que rapidamente reconheceu isso como uma das pegadinhas daqueles vídeos a que ele assistia, e ficou completamente indignada por não tê-la respeitado, já que lhe havia pedido para não fazer isso. Então exigiu que se retirasse da sala.

Ainda segundo a esposa, seu marido começou a discutir com ela, dizendo que era apenas uma piada, porém ela insistiu até que a enfermeira o retirasse de lá. E acrescenta que passou as últimas quatro horas de trabalho de parto sozinha, pois seus parentes moram fora do estado.

Depois que o bebê nasceu, a mulher pediu para a enfermeira chamá-lo de volta, mas ele voltou furioso e exigindo que ela contasse o motivo de tê-lo “chutado” para fora. Ela conta que calmamente explicou para ele o motivo, mas ele estava chateado, e assim continuou, pois não fala com ela há uma semana.

Ela contou também que a sogra ficou do lado dele e a xingou por expulsá-lo. Pensou que seu marido fosse defendê-la, mas não, ele concordou com sua mãe.

A mulher perguntou no Reddit se agiu mal por expulsar o marido por causa da brincadeira que havia concordado em não fazer. Recebeu muitas respostas. Uma pessoa disse: “Não. Se ele estivesse realmente animado em ver seu filho nascer, ele teria atendido seu pedido”. Outra comentou: “E o que ele achou de engraçado nisso? Além disso, é totalmente nojento para o pessoal da sala de parto, que definitivamente não precisava ouvir ou cheirar um homem adulto peidar alto.

Outra pessoa também deixou sua opinião: “Eu realmente espero que você esteja sendo hiperbólica ao dizer que ele não falou com você durante a primeira semana de vida do seu bebê. Do contrário, o problema é muito maior do que pregar uma pegadinha na sala de parto”.

Por um “edit” no post, a mulher agradeceu por todos os comentários de apoio e respondeu a algumas perguntas. Ela disse que seu marido não estava ajudando muito e que foi uma primeira semana muito difícil, mas que felizmente sua mãe chegou lá para ajudá-la. Pela atualização, ela contou que conversou com o marido da melhor forma que conseguiu, pois ele ainda estava chateado e a ignorando, e que lhe pediu para compreender seu lado. O homem dela então disse que ela não tinha o direito de expulsá-lo e que a filha deles iria odiá-la um dia por ele ter perdido seu nascimento.

A mulher descreveu a terrível situação, dizendo que começou a chorar e implorar para ele parar de dizer as coisas por raiva, mas que ele se recusou e disse que ela estava sob seu teto, então a ofendeu.

Ela conta que não disse mais nada, apenas empacotou suas coisas e as do bebê, planejando ir embora, mas que ele gritou dizendo que ela não poderia levar nada do que ele pagou. Então, ela pegou o bebê e disse para sua mãe que estavam indo embora. Hospedaram-se num motel e foram para a casa dos pais no dia seguinte.

A mulher se desculpou pela longa atualização, mas disse que gostaria de compartilhar com as pessoas o que aconteceu.

Comente!

Você é uma pessoa intuitiva? Se conseguir descobrir o erro nesta imagem, pode se considerar!

Artigo Anterior

Corregedoria vai recolher imagens para investigar PMs beijoqueiros

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.