Comportamento

Mulher finge que tem câncer, arrecada mais de R$ 21 mil em doações e foge com o dinheiro!

Essa mulher tem chocado as redes sociais nos últimos dias por conta de uma atitude bastante polêmica. Confira!



As redes sociais facilitaram muito o apoio para pessoas que passam por dificuldades. Não é incomum vermos usuários pedindo ajuda para os mais diversos problemas e, em muitos desses casos, a resposta é rápida e poderosa.

No entanto, em alguns deles, os apoiadores podem se decepcionar ao perceber que as pessoas que pediam ajuda não estavam sendo honestas. Uma argentina tem provocado a revolta de muitas pessoas por aplicar um grande golpe através das redes.

Segundo informado pelo Infobae, María Leticia Zapata, de 30 anos, que vivia na cidade de Merlo, publicou um texto no começo de julho, nas redes sociais, dizendo que havia sido diagnosticada com câncer de útero e não tinha condições financeiras para bancar seu tratamento sozinha.


Ela basicamente implorou para que as pessoas a ajudassem a arrecadar 350 mil pesos argentinos (mais de R$ 18 mil) para pagar o tratamento em uma clínica de Buenos Aires. Leticia explicou que esse tratamento era alternativo, já que todas as terapias convencionais falharam.

Também contou que tinha dois filhos para cuidar. A mulher ainda postou uma foto em que estava com o cabelo raspado e uma aparência muito magra, além de um atestado médico. Também chegou a dar entrevistas para mídias locais.

Direitos autorais: reprodução/El Territorio.

Como se pode imaginar, a postagem causou muita comoção, e as pessoas se uniram para apoiá-la, arrecadando quase 396 mil pesos no total (mais de R$ 21 mil) em poucos dias. Os apoiadores imaginavam que estavam fazendo algo incrível para apoiar alguém que realmente sofria, mas não demorou muito para que descobrissem que haviam sido enganados.


A justiça constatou que todas as declarações da mulher eram falsas. Ela não havia adoecido, as fotos eram montagens e o atestado médico falsificado. O pior de tudo é que não podiam nem mesmo cobrá-la por suas mentiras, pois ela havia pegado o dinheiro das doações e fugido na companhia do namorado.

Direitos autorais: reprodução/Infobae.

Direitos autorais: reprodução/El Territorio.

Quem denunciou a história foi a própria médica mostrada no atestado falso, dizendo que não havia assinado o documento. A história acabou chegando à família de Leticia, que vive em Buenos Aires, e seu irmão Miguel Zapata disse que a irmã não tem filhos e que não estava doente, pedindo para as pessoas pararem de depositar dinheiro para ela.


O juiz Miguel Mattos, responsável pelo caso, apurou todos os fatos e ordenou uma busca em nível nacional ao casal pelo crime de fraude. Algumas fontes judiciais informaram ao portal de notícias que o casal também poderá responder por falsificação de documento público.

Após meses morando na rua, com as filhas, mulher foi contratada pelo Google e mudou de vida!

Artigo Anterior

Estas 4 plantas absorvem a maldade da sua casa e a transformam em boas energias!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.