Comportamento

Mulher gastou mais de R$ 3 mil em extensão capilar e descobriu que era crina de cavalo

A mulher percebeu que a procedência dos fios era duvidosa e confrontou o salão logo após o ocorrido. Confira!



Hoje em dia, existem diversos procedimentos que permitem às mulheres aumentar sua autoestima, desde cirurgias plásticas até extensões de cílios.

Muitas mulheres têm um compromisso mensal com as profissionais que trabalham com esses procedimentos, e gastam seu dinheiro com a plena confiança de que receberão um serviço de qualidade, mas não é sempre que isso acontece.

De acordo com informações do Daily Mail, Lacy Price, 27, de Ashford, na Inglaterra, acusou um salão de cabeleireiros de usar crinas de cavalo em um procedimento de extensão capilar pelo qual ela pagou cerca de R$ 3 mil.


Direitos autorais: reprodução TikTok/@lacyprice12.

A mulher, que tem quatro filhos, disse que costuma fazer as próprias extensões, mas daquela vez decidiu fazer com um profissional, e foi ao salão porque havia sido bem recomendado. No entanto, depois que lavou o cabelo, descobriu que as extensões estavam secas, seu couro cabeludo coçava e as madeixas já começavam a cair, o que acabou por deixá-la “careca” em algumas partes de sua cabeça.

Após a segunda lavagem, Lacy começou a procurar o profissional por quem foi atendida, para falar sobre o estado do cabelo, mas foi ignorada. Ela também contou que enviou oito e-mails, mas não recebeu resposta alguma. A mulher está certa de que o produto usado foi crina de cavalo, e voltou ao salão cinco dias depois que foi ignorada.

Ela alegou que estava cansada de sentir tanta coceira, então pediu que removesse as extensões e lhe devolvesse o dinheiro, e ouviu que não havia nada que pudesse ser feito. Lacy contou que o seu cabelo é uma parte muito importante para sua autoestima, porque faz com que ela se sinta confiante, então o ocorrido a afetou muito.


Direitos autorais: reprodução TikTok/@lacyprice12.

No TikTok, onde documentou a sua experiência, a mulher recebeu bastante apoio de muitas mulheres, que também já passaram por péssimas experiências ao mexer com os cabelos.

Um porta-voz do salão se pronunciou sobre o ocorrido. Ele alegou que os fios oferecidos pelo local são “100% humanos” e que não houve nenhum problema com as suas extensões. A dona do local ainda afirmou que Lacy “enlouqueceu” e que ela acabou recebendo ameaças à própria vida e ao seu sustento por conta do episódio.


Filho zombou de crianças que usavam roupas de baixo custo, e mãe o vestiu com roupas da mesma loja!

Artigo Anterior

O dono do cão está escondido na imagem, mas só as pessoas com ótima visão são capazes de encontrá-lo

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.