publicidade

Mulher paga estadia de hotel para mãe que dormia em banheiro de aeroporto com os filhos

Cyn estava chateada porque havia perdido o voo para seu destino, mas depois que encontrou a família no aeroporto, descobriu que tudo tinha um propósito.



Diariamente, milhões de pessoas passam por sérias dificuldades, que envolvem conseguir suprir as necessidades básicas e primordiais do ser humano. Por mais que a rotina de todos seja corrida e que a maioria esteja apenas querendo conseguir fazer o melhor possível para enfrentar a pandemia, existem pessoas que precisam de um olhar mais atento.

Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), cerca de 7 milhões de brasileiras foram obrigadas a abandonar o mercado de trabalho para cuidar dos filhos.

Os números mostram um retrocesso de 30 anos na história e luta pela inserção das mulheres no mercado de trabalho.

Como o ditado: a corda sempre arrebenta para o lado mais fraco, e no caso atual, as mulheres sempre vão ser consideradas menos aptas e mais descartáveis do que os homens que ocupam os mesmos cargos e exercem as mesmas funções.


Essa herança patriarcal se agrava quando as avenidas das diferenças acabam se cruzando, ou seja, quando, além de ser mulher, se é pobre, negra e, consequentemente, mais vulnerável.

Um caso que aconteceu recentemente nos Estados Unidos ilustra a vulnerabilidade atual das mulheres, principalmente as que têm filhos. Cyn Symoné, uma jovem que aguardava um voo para Los Angeles, acabou se chateando quando percebeu que o havia perdido porque se atrasou um pouco.

Direitos autorais: reprodução Facebook/Cyn Simoné.

Mesmo estando um pouco triste com a situação, colocou a bagagem na esteira para despachá-la e foi ao banheiro, checar sua aparência. Foi quando ouviu uma mulher chorando muito e sentiu que deveria fazer algo, mas se sentiu nervosa e saiu do banheiro.


Pensou mais um pouco e decidiu voltar e, quando tentou se comunicar, percebeu que ela falava espanhol, o que complicou ainda mais a situação.

Cyn saiu e entrou no banheiro quatro vezes, até conseguir se acalmar e pensar em algo efetivo para fazer, foi quando compreendeu uma frase dela: “O ônibus só chega amanhã.”

Quando se deu conta de que a mulher estava dizendo que precisaria dormir no banheiro, seu coração imediatamente se despedaçou. A jovem lhe perguntou se não tinha conta bancária para lhe transferir uma quantia, ao que a mulher disse que não.

Direitos autorais: reprodução Facebook/Cyn Simoné.

Então, ela se ofereceu para pagar uma diária num hotel próximo ao aeroporto, algo que poderia resolver aquela situação.

A mulher parou de chorar, abriu a porta de uma das baias do banheiro e foi quando Cyn percebeu que ela tinha filhos que estavam dormindo no chão.

A sensação de fazer o certo foi ainda maior no momento em que viu que não era apenas uma pessoa que receberia ajuda, mas sim várias. A jovem levou a família até o hotel Marriott, onde lhe pagou por uma diária, até que pudesse pegar o ônibus no dia seguinte.

Ela sentiu muita satisfação quando percebeu que havia usado seu dinheiro com algo importante e útil, e não com bobeiras e coisas fúteis. Cyn ficou pensando quantas pessoas não passaram por aquele mesmo banheiro, naquele dia, ouviram o desespero da mulher e não fizeram nada.

Direitos autorais: reprodução Facebook/Cyn Simoné.

Justamente por isso, a jovem decidiu publicar o que aconteceu em suas redes sociais. A postagem teve mais de 47 mil curtidas, e muitas pessoas compreenderam a mensagem que ela queria passar: estenda a mão a quem precisa!

Compartilhe este caso nas suas redes sociais e deixe seu comentário abaixo!

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.