Comportamento

Mulher publica fotos mostrando celulites e gorduras. Acredita que todos os corpos são lindos!

A influenciadora acredita que mostrar mais os corpos reais pode ajudar outras pessoas a se aceitar melhor, já que passam a ter referências de semelhantes.



A beleza é algo subjetivo, mas a cultura e os padrões temporais fazem as pessoas, principalmente as mulheres, acreditarem que existem e são bem reais.

Cada década carrega consigo referências de ideais de beleza, o que é impossível de ser reproduzido pela maioria das pessoas. Por exemplo, atualmente, uma aparência que lembra a das irmãs Kardashian é o que está em alta, por isso vemos roupa, cabelos e maquiagens seguindo essa tendência.

As imposições de beleza costumam ser mais agressivas com as mulheres, já que a indústria de cosméticos e intervenções estéticas encontra nelas um público fiel, disposto a abrir mão de muitas coisas para parecer um pouco com algum artista em alta naquela semana.


Nos últimos meses, o número de pacientes magros procurando a lipo LAD, ou lipo HD, cresceu substancialmente. Trata-se de uma cirurgia para que pessoas magras definam suas barrigas simulando o “tanquinho”.

Mas ao mesmo tempo em que influenciadoras dão exemplos de padrões surreais e inatingíveis de beleza, vemos outras pegando o sentido contrário da via em busca de uma relação mais saudável e gentil com os próprios corpos.

Aos 25 anos, a jovem influenciadora Ariella Nyssa usa seu perfil pessoal para ajudar mulheres a aceitar seus corpos como são, com celulites, estrias e gorduras. Com mais de 650 mil seguidores, a jovem não poupa nas fotos e mostra como qualquer corpo pode sim usar as roupas da moda e se sentir confortável com isso.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@ariellanyssa.


Direitos autorais: reprodução Instagram/@ariellanyssa.

Além do vestuário, Ariella exibe com frequência os truques que as blogueiras usam em suas fotos, tentando esconder qualquer “imperfeição” em seus corpos. Depois de anos acreditando que estava errada, que era feia e se punindo por ter um corpo com muitas celulites, a influenciadora decidiu mudar sua vida e passou a correr atrás de uma relação saudável com ele, mesmo que isso significasse não ficar dentro dos padrões considerados aceitáveis pela sociedade.

Ariella explica que, no início da jornada de autoaceitação, pode parecer estranho e muito difícil acreditar que seu corpo é bonito, mas ela pede confiança e diz que, com o tempo, o processo passa a ser natural e, quando você menos esperar, estará se abraçando e amando cada uma das suas curvas.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@ariellanyssa.


Ela acredita que, a partir do momento em que esse amor é cultivado, você percebe que a vida pode ser linda, acredita na própria beleza e percebe que seu corpo merece receber amor. A jovem é vista como exemplo de amor-próprio, e mostra como é possível ter uma boa relação com a forma natural que seu corpo assume, sem se punir por não ser igual ao que aparece nos comerciais televisivos.

Ela busca enaltecer cada mulher, chamando-a de rainha e explicando que o processo não é simples, mas é a única maneira de se sentir mais feliz sem tentar encontrar no outro a aceitação que nem você mesma consegue.

Garotinha com “Alzheimer infantil” vai esquecer como andar e falar, conta a mãe

Artigo Anterior

Ana Vilela rebate preconceito em publicações ao lado da esposa: “Não ligo, amor é amor”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.