5min. de leitura

A mulher que dança é dona de si!

A mulher que dança tem a autoestima muito elevada e a sua presença marcante transmite uma energia de alto astral. A mulher que dança tem consciência do seu valor e reconhece que, em si, Deus guardou um tesouro como potencial.


A mulher que dança assume o seu poder oculto e o seu brilho transcende além do visual.

A mulher que dança age com discrição, usa a sedução, domina a situação e torna-se dona da palavra final. A mulher que dança é bem resolvida consigo mesma e por ter o amor-próprio, a sua postura é algo atraente e envolvente, que destaca o seu diferencial.

A mulher que dança tem mente aberta, é estudiosa, tem a alma livre e equilíbrio emocional.

A mulher que dança apaga a mesmice de sua aparência e a cada dia ela recria a sua imagem jovial. A mulher que dança tem a cara da riqueza, reinventa-se com um toque de esperteza e disfarça as suas imperfeições com produtos de beleza.

A mulher que dança expulsa a depressão, despacha os problemas enquanto faz a movimentação corporal. A mulher que dança desperta algo mágico que reluz em seu sorriso cativante e em seu olhar sensual.


A mulher que dança mantém a chama de sua libido acesa como um fogo espiritual. A mulher que dança afasta de si o cansaço da rotina, atrasa a chegada da velhice e desabrocha o encanto de uma de uma delicada menina.

A mulher que dança nutre o seu organismo com alimentos saudáveis, porque sabe que colocando energia positiva na corrente sanguínea ativará a endorfina, deixando seu ânimo lá em cima.

A mulher que dança manifesta o mistério arrebatador de sua Deusa interior por meio da expressão gestual.

A mulher que dança anda de cabeça erguida e quando coloca um salto alto torna-se fatal. A mulher que dança é uma diva que usa as suas forças secretas para transmitir sentimentos elevados, e por isso só atrai para si aquilo que é legal.


A mulher que dança tem o espírito tão leve que para ela flutuar basta uma música instrumental. A mulher que dança assusta porque ela está no comando de suas vontades e corta tudo que lhe faz mal.

A mulher que dança causa medo no homem inseguro porque ela é independente de seu aval. A mulher que dança, quando pessoas críticas destilam veneno a seu respeito, ela apenas ignora.

A mulher que dança só tem ouvidos para o ritmo contagiante do chacoalhar da castanhola.

A mulher que dança não corre atrás de ninguém implorando por uma migalha de atenção. A mulher que dança investe o seu tempo em suas metas porque descobriu que é só em seu bem-estar que ela encontrará a sua realização.

A mulher que dança ninguém invade a sua privacidade e nem pisa no íntimo de seu coração. A mulher que dança extravasa as suas angústias e conflitos no compasso das canções. A mulher que dança transmite sinais de fertilidade através dos ciclos de seu corpo. A mulher que dança sabe como usar o seu magnetismo para deixar qualquer homem encantado.

A mulher que dança dispensa os meninos imaturos que tentam brincar com as suas emoções. A mulher que dança viaja nos sentimentos e transporta-se até as nuvens quando ouve o dedilhar flamenco dos violões.

A mulher que dança tem atitude, assume um compromisso com a sua saúde, cumpre uma disciplina alimentar, vence a gula e o tédio com sabedoria e graça.

A mulher que dança deixa de ser cliente do setor de remédio das farmácias, torna-se, Deusa, musa e top das galáxias.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: anetlanda / 123RF Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.