Comportamento

Mulher que trabalha como designer de sobrancelha é pressionada a depilar a filha de 2 anos

capamulher que trabalha como designer de sobrancelha e pressionada a depilar a filha de 2 anos

A menina, que possui excesso de pelo nas sobrancelhas, é sempre alvo de comentários de clientes, que pedem à profissional para depilar a própria filha.



Os padrões de beleza que dominam a sociedade podem ser muito prejudiciais para a autoestima. As mulheres, em especial, são muito afetadas por eles, e desde muito cedo aprendem diversas “regras” que devem seguir, desde em sua aparência até em sua forma de se comunicar com aqueles ao seu redor.

Para algumas, está tudo bem moldar muitas de suas atitudes e expressões, elas até se sentem mais seguras dessa maneira. No entanto, outras podem sentir-se pressionadas a seguir determinadas regras, o que acaba por limitar sua liberdade e também o sentimento de amor-próprio e de satisfação geral com a própria vida.

As mulheres pertencentes ao segundo grupo estão constantemente se manifestando contra essa pressão que, em muitos casos, começam quando ainda são crianças, em seus primeiros anos de vida.


Esse é o caso da designer de sobrancelhas Gabriela Lentz, 25, que vive em Itapema (SC). Em uma entrevista à Revista Crescer, ela compartilhou uma situação que viveu com sua filha mais nova, Alice, que na época tinha apenas 2 anos.

Segundo Gabriela, muitas pessoas dizem que ela deveria tirar a sobrancelha da filha, “o excesso no meio das sobrancelhas”. Na época, ela compartilhou a questão em um grupo no Facebook, do qual faz parte, dizendo que jamais faria a filha sentir dor apenas para “agradar aos outros ou se adequar aos padrões de beleza”.

2mulher que trabalha como designer de sobrancelha e pressionada a depilar a filha de 2 anos

Direitos autorais: reprodução Facebook/Gabriela Regina Lentz.

Sobre como responde aos comentários dessas pessoas, a designer diz que a filha “é perfeita assim” e que é a sua “Frida linda”. Ela apelidou Alice assim em referência a Frida Kahlo, artista plástica mexicana que fez muito sucesso, reconhecida até como um dos ícones feministas, e que tinha as sobrancelhas muito parecidas com as de sua filha.


A mãe revelou que acredita que tratamentos estéticos são um direito das mulheres, mas que não devem ser feitos para agradar a outras pessoas.

Ela também tenta transmitir esse exemplo às duas filhas e lhes ensina a ver a beleza na diversidade e a compreender que são suficientes como são, e que devem começar a trabalhar sua autoestima desde muito nova.

Em seu perfil no Facebook, é possível ver fotos mais atuais de Alice, e sua sobrancelha continua da mesma maneira, o que não parece afetar sua autoestima, já que está sempre sorrindo:

3mulher que trabalha como designer de sobrancelha e pressionada a depilar a filha de 2 anos

Direitos autorais: reprodução Facebook/Gabriela Regina Lentz.


Qual sua opinião sobre essa questão? Acredita que as crianças devem ser depiladas ou manter sua aparência natural?

Comente abaixo e compartilhe o texto em suas redes sociais!

Bisavô conquista web ao se arrumar para levar bisneta no primeiro dia de aula: “Nosso anjo da guarda”

Artigo Anterior

Professora heroína doa rim e salva a vida de aluna de 5 anos!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.