Comportamento

Mulher quer manter relações íntimas com mil homens até os 30 anos. “Minha missão de vida”

5 capa Mulher quer manter relacoes intimas com mil homens ate os 30 anos Minha missao de vida

A jovem de 24 anos afirmou que já dormiu com 500 pessoas, mas que, nos próximos seis anos, quer chegar à meta de 1.000.



Um caso polêmico dos Estados Unidos vem chamando a atenção nas redes sociais. Kazumi Squirts, de 24 anos, alega que já dormiu com cerca de 500 pessoas, mas que esse número ainda não lhe parece alto o suficiente, pois pretende chegar a mil pessoas antes de completar 30 anos.

Trabalhando como modelo no site de conteúdo exclusivo OnlyFans, onde vende fotos e vídeos íntimos para os clientes que pagam uma assinatura, ela acredita que o sexo é sua “missão de vida”.

Segundo reportagem do Daily Star, a jovem explica que parou de contar com quantas pessoas teve relações íntimas quando o número passou de 98. Na época, como era mais jovem, nutria o hábito de anotar cada uma das pessoas em uma “lista secreta”.


A suposta lista secreta também era alimentada com alguns códigos, como estrelas, se a experiência tivesse sido boa, ou corações, se tivesse desenvolvido sentimentos pelas pessoas. De maneira aberta e sem pudor, Kazumi conta que tinha a missão de vida, mesmo que estranha, de se relacionar sexualmente com uma pessoa de cada país, mas acabou precisando dar um sumiço na lista quando seu ex-namorado a encontrou e entrou em fúria.

Mesmo sem ter o controle correto dos números, Kazumi acha que bateu a meta de 500 pessoas aos 21 anos, em uma época em que começou a visitar festas e eventos onde aconteciam relações íntimas entre vários parceiros ao mesmo tempo. A modelo conta que já chegou a se relacionar com 50 homens em apenas uma noite.

Mas aquela não tinha sido sua primeira festa de swing, inclusive, acha a coisa mais fortalecedora de sua personalidade o fato de já ter tido várias experiências sexuais, trocando de parceiros e seguindo todos os seus impulsos. Outra meta de vida é tentar remover o estigma em torno de ter saído intimamente com tantas pessoas, até porque acredita que quase ninguém se importa com isso.

5 2 Mulher quer manter relacoes intimas com mil homens ate os 30 anos Minha missao de vida

Direitos autorais: reprodução Instagram/@harvard_dropout1998.


Kazumi explica que sempre age com segurança, mesmo que muitos acreditem que o fato de sair com muitos parceiros já a coloque automaticamente numa posição de promiscuidade e possível vetor de infecções sexualmente transmissíveis (ISTs). Usando proteção e fazendo exames regularmente, ela explica que quer apenas se divertir.

Atualmente, a modelo está num relacionamento poliamoroso, e pretende dobrar seu número de 500 pessoas antes de completar 30 anos. Ela defende que está no caminho para bater a meta o quanto antes, com planos de fazer uma gigantesca comemoração assim que conseguir.

A intenção é realizar uma festa de swing entre amigos e guardar o grande final para alguém especial. Kazumi ainda torce para que a comemoração coincida com seu aniversário de 30 anos. Mesmo recebendo críticas sobre seu estilo de vida, ela explica que não se importa nem um pouco com o que pensam sobre sua vida sexual, até porque não é da conta de ninguém, a não ser dela mesma.

5 3 Mulher quer manter relacoes intimas com mil homens ate os 30 anos Minha missao de vida

Direitos autorais: reprodução Instagram/@harvard_dropout1998.


Para encerrar o assunto, Kazumi conta que todas as pessoas com quem se relaciona não se importam nem um pouco com o fato de já ter se envolvido com tantas pessoas. E, ao mesmo tempo, a pessoa com quem tem um relacionamento emocional a conhece intimamente, por isso sabe do que ela gosta, sem existir nenhum tipo de cobrança a respeito do assunto.

A modelo explica que o homem que se preocupa demais com esse tipo de coisa acaba se desligando rapidamente dela, sem que nem sequer tenham uma conversa aprofundada. Seu desejo é apenas sair com homens que já tenham dormido com um número aproximado de mulheres que ela.

Prove que sua mente é realmente atenta! Quantos erros você identifica em 1 minuto?

Artigo Anterior

“Não é síndrome de nada, é falta de educação mesmo!”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.