Pessoas inspiradoras

Mulher vê idoso trabalhando à noite, na rua, e compra todo o seu estoque para que possa descansar

O gesto de empatia da mulher permitiu ao idoso descansar depois de um longo dia de trabalho. Confira!



Por mais triste que seja ver crianças e idosos nas ruas, trabalhando, para garantir o seu sustento, essa realidade ainda é bastante comum mundo afora, especialmente com a crise financeira que se instalou desde o ano passado.

Não precisamos procurar muito longe para ver pessoas que deveriam estar estudando ou aproveitando o tempo de descanso tendo rotinas exaustivas de trabalho e vivendo situações muito difíceis, precisando de gestos de solidariedade e carinho daqueles ao seu redor.

Felizmente, para compensar este período de grandes dificuldades, temos pessoas de coração gigante no mundo, que espalham a bondade e a esperança por onde passam, ajudando a deixar o mundo mais bonito.


Ana Vasquez, uma argentina de San Salvador de Jujuy, é uma dessas pessoas, e comprovou isso. Em uma publicação em seu Facebook, ela contou sobre uma boa ação sua numa noite aleatória.

Direitos autorais: reprodução Facebook/Ana Vasquez.

A mulher caminhava pelas ruas da cidade, quando viu um idoso empurrando um carrinho vendendo waffles. Ela comprou dois itens e teve uma conversa despretensiosa com ele. Antes de se despedir, porém, perguntou se ele estava indo para casa, e sentiu seu coração se partir quando o homem disse que não, pois precisava continuar vendendo os waffles.

Sabendo que o senhor continuaria enfrentando o cansaço e o frio, Ana decidiu comprar todos os waffles que lhe restavam para dar aos muitos sobrinhos e permitir ao idoso trabalhador ir para casa descansar.


Ela contou que o senhor se emocionou muito com o seu gesto e derramou uma lágrima. Comentando que os waffles vendidos pelo idoso são muito gostosos, ela pediu para todos os que o encontrassem nas ruas comprassem para ajudá-lo.

Nos comentários, foram muitas pessoas parabenizando-a por sua atitude, dizendo que ela tem um grande coração. Outros ainda perguntaram onde o senhor costuma vender, para que pudessem também fazer sua colaboração.

Infelizmente, não podemos resolver todos os problemas das pessoas em dificuldade ao nosso redor, mas sempre podemos agir com empatia e amor para aliviar um pouco dos seus problemas e colocar um sorriso em seu rosto.

Ana sabe muito bem disso e, com uma atitude bastante simples, foi capaz de oferecer um alívio merecido ao esforçado vovô. Que todos nós incorporemos essa bondade ao nosso dia a dia!


Modelos maranhenses, filhas de quilombolas fazem sucesso ao se tornar capa de revista internacional!

Artigo Anterior

Paranaense de 20 anos é aprovada em 5 universidades internacionais e se prepara para ser astronauta!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.