Relacionamentos

Mulheres traem mais quando homens não participam das atividades domésticas. Entenda!

Foto: Pexels
Capa site Mulheres traem mais quando homens nao participam das atividades domesticas. Entenda

Estudo revela que as mulheres ficam mais propensas a trair quando os companheiros não fazem as tarefas domésticas!

As traições nas relações são algo controverso, que sempre motiva dúvidas e críticas. Quando acontece alguma traição de uma das partes, as pessoas sempre se questionam sobre o que levou a outra a fazer isso, e o assunto vira uma bola de neve de suposições.

Mas relacionamentos nunca são fáceis, principalmente quando não há parceria e cumplicidade nas atividades mais rotineiras, como arrumar a casa.

Segundo o Mail Online, um estudo do Gleeden, um site específico para encontros extraconjugais criado por mulheres, revelou que, embora os homens se mostrem mais propensos a trair suas parceiras, 73% das mulheres responderam que parte das razões de suas traições eram porque os parceiros não se envolviam nas tarefas domésticas de casa.

O estudo ouviu mais de 10 mil mulheres de todo o mundo, usuárias da plataforma, as quais responderam a uma pesquisa completa da plataforma sobre infidelidade. O mesmo estudo também descobriu que as outras razões pelas quais as mulheres traem são para se sentirem desejadas e sexy, com 31% das respostas na pesquisa.

De acordo com a revista Marie Claire, o levantamento mostrou que 86% das mulheres responderam ficar profundamente frustradas com a tendência dos companheiros em evitar o trabalho doméstico. Além disso, 84% delas também revelaram que o assunto já foi motivo de discussão entre o casal e 18% perderam completamente o desejo quando o parceiro não levantava “um dedo” para ajudar nas tarefas domésticas.

“Via de mão dupla”

Sobrecarregadas e cansadas das tarefas, essas mulheres demonstram que, para uma relação saudável e recíproca, são necessárias trocas importantes, como a divisão das tarefas domésticas. Em tempos em que a bandeira feminista está cada vez mais erguida e prosperando, é preciso deixar claros os deveres de um e de outro em casa, pois a pesquisa revelou que isso influencia diretamente na relação a dois tanto positivamente quanto negativamente.

Esse estudo do Gleeden é preocupante, pois os homens que não se envolvem nas atividades domésticas, precisam fazer isso para garantir mais qualidade a suas relações e não deixá-las se desgastarem por detalhes “bobos”. Além disso, quando as tarefas domésticas viram uma “via de mão dupla”, isso faz com o casal construa suas histórias juntos, sem deixar que o outro fique sobrecarregado ou infeliz.

Tanto o casamento quanto o namoro precisam ser levados a sério e exigem muito diálogo para que nenhuma das partes do casal fique insatisfeita. Por isso é por meio do diálogo aberto que muitos problemas são resolvidos e podem fazer com que as traições sejam menos prováveis, visto que ela é um meio pelo qual as pessoas geralmente tentam fugir das realidades de seus relacionamentos.

Dados brasileiro de 2015

Segundo a Marie Claire, em 2015, os homens brasileiros dedicaram dez horas semanais aos serviços de casa, em contrapartida, as mulheres levaram o dobro do tempo para as mesmas tarefas. Assim, somados os trabalhos dentro e fora de casa, as mulheres brasileiras chegam a se dedicar cinco horas a mais do que os homens durante a semana.

Gleender

Gleender é uma plataforma digital, disponível em mais de sete idiomas, para pessoas casadas que desejam procurar uma aventura extraconjugal, tanto perto de casa, quanto em viagens distantes, com a opção personalizada em anonimato. A plataforma conta com mais de 9 milhões de membros.

Além disso, a inscrição é gratuita para as mulheres, mas tem uma taxa de adesão para os homens que quiserem se inscrever.

0 %