publicidade

“na música, pausa também é nota. E a vida soa melhor se a gente aprende que há valor no silêncio”

Certa vez, ouvi uma frase, que dizia:



Na música, pausa também é nota. E a vida soa melhor se a gente aprende que há valor no silêncio.

Fomos ensinados a estar sempre em movimento, não podemos nos deixar abater, não podemos deixar a peteca cair, sorria e bola para frente.

Mas será que só seguir em frente é o caminho correto?


Talvez os grandes maestros da música possam nos ensinar! Se na música pausa também é nota, porque na vida também não pode ser assim?

Se na música a pausa dá fôlego aos músicos e faz a canção ainda mais bela, quem sabe algumas paradas durante a vida possam nos ajudar a seguir o caminho de forma mais leve, ou quem sabe até, mudar de rota.

Então se a música pede pausas, a vida nos pede silêncio.

Porque é no silêncio, apenas no silêncio que realizamos o encontro com a pessoa que nos encara através do espelho. Aquela que nos cobra e que no final da nossa vida fará um acerto de contas conosco.


De nada adiantará passar por aqui agradando a todos, se isso não satisfazer quem lhe olha pelo espelho. A pessoa do espelho é ao mesmo tempo vilão e mocinho nessa história, onde um só é o protagonista – e, diga-se de passagem, diretor –  e muitos são os coadjuvantes por ele escolhidos.

E ficar em silêncio requer esforço e por vezes até atenção. 

Ficar em silêncio não significa não falar mais, ficar em silêncio, por vezes, é apenas seguir o que sua vontade pede. Você ama ler, mas está há uns dias sem a mínima vontade para ler, respeite seu tempo, deixe os livros um pouco de lado e volte a rotina quando sentir que já tomou fôlego suficiente para isso.

Ficar em silêncio, por vezes, é aquele período de férias que você resolve esquecer que tem problemas e aproveita o momento.

Ficar em silêncio talvez seja se afastar, talvez seja aquele período sem balada, talvez seja…

O silêncio tem tantos sentidos, mas, acho que se eu pudesse definir o silêncio eu o definiria como: estar com você mesmo.

Então, cada um tem seu tempo, cada um com seus silêncios.

Mas, há umas coisas que eu aprendi nos muitos silêncios que precisei fazer: às vezes, o silêncio faz barulho…


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: anetlanda / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.