publicidade

Na vida, se preciso for, pegue um atalho, mas não fique parado. Siga em frente

Não existem atalhos na vida, dizem os pragmáticos. Há quem seja o guia do seu destino, quem o deixe ao acaso, quem o entregue a um poder sobrenatural e há quem o ceda a outra pessoa.

Mas, em algum momento, pegamos atalhos. Sim, pegamos.



Às vezes, porque estamos cansados da longa jornada, outras pela emoção do desconhecido, outras pela praticidade.

É como o amor, a paixão, as amizades. Quando um decide que não seguirá em frente e o outro pega um atalho para não ficar parado no caminho e sem perceber vai descobrindo novos caminhos.

“Acreditava que seguiriam juntos na estrada. Mas quando se apercebeu de si, estava sozinho“.

Admito! Prefiro os atalhos, os novos caminhos, trilhas e estradas. O conhecido está cheio de buracos, assoreado, desgastado pelo efeito do tempo. A possibilidade de restaurá-lo se desfez devido a escassez de recursos. Na trilha; era necessário dois.


Recomeçar, mudar, acreditar novamente… sim, é tarefa difícil. Mas, através dos atalhos você descobre novos caminhos, novos ares, novas paisagens, novos sorrisos, nova jornada.

Despimo-nos do medo, da vergonha, do receio… para encontrarmos o outro caminhante da estrada. Afinal, a jornada é longa e a noite vem!

A beleza de um novo amanhecer a emergir no horizonte, a beleza da vida não está em uma estrada pré-definida.


Então, desbrave este novo atalho desta jornada. E talvez quem sabe nos encontremos por aí, com nossos novos mapas, histórias, amores, cores, sorrisos, amigos… novo destino.

Pegue o atalho, se achar necessário, mas não fique parado. Siga em frente! O mundo o aguarda e a vida lhe é grata! 


Direitos autorais da imagem de capa: Maria Tyutina from Pexels

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.