Nada é realmente seu, tudo é emprestado pela vida. Pratique o desapego!

4min. de leitura

Nada na vida é realmente nosso, tudo é emprestado. Quanto melhor reconhecemos isso, mais valor damos a cada pessoa e situação em nossa vida.



Vivemos numa sociedade em que o apego está muito presente, nas mais diversas formas. Nós nos apegamos a pessoas, realidades, dinheiro, bens materiais, sentimentos e comportamentos. Acreditamos que tudo – e todos – que chegam a nós permanecerão para sempre, por isso não nos preocupamos em valorizá-los enquanto estão ao nosso lado nem em nos educar para não sofrer quando precisarem partir.

Uma coisa que precisamos aprender é que nada na vida é realmente nosso, tudo é emprestado. Desde os nossos bens até as nossas companhias, nada é garantido. A vida está em constante fluxo, e a nossa realidade de hoje dificilmente será a mesma de amanhã, por isso precisamos agir com melhor consciência para não carregar arrependimentos pela vida inteira.

O desapego é uma das práticas mais saudáveis e conscientes que podemos adotar nesse sentido.

Quando entendemos que não poderemos ter as mesmas coisas e pessoas para sempre, passamos a valorizar muito mais cada momento e aproveitar quem anda conosco não por aquilo que podem nos proporcionar materialmente, mas pelos momentos ao seu lado.


Praticar o desapego é o que nos permite viver com intensidade e verdade. É o que nos motiva a dar o nosso melhor a tudo e a todos hoje, porque não sabemos como será o dia de amanhã. Pode ser complicado começar a praticar o desapego, mas com certeza nos leva a viver muito melhor.

A nossa vida não é garantida, não sabemos quem seremos e onde estaremos amanhã. Podemos perder alguém que amamos, podemos enfrentar uma realidade completamente nova, sem os mimos e o conforto aos quais estamos acostumados, e quanto mais desapegados e abertos ao novo formos, melhor poderemos nos sair de qualquer situação que se apresente a nós.

É claro que esse não é um hábito simples de se iniciar, e pode nos causar dores, ainda mais quando estamos acostumados a viver tão alienados, distantes da realidade da vida, mas é necessário para nos tornarmos pessoas maduras e conscientes sobre nós mesmos e os outros.


Comece a praticar o desapego. Isso não significa que você não poderá amar nem manter ninguém em sua vida, apenas que se relacionará de forma madura, sabendo que nem tudo é para sempre e agindo com sabedoria durante os conflitos e recomeços.

Lembre-se: tudo é emprestado. Viva e ame com melhor consciência e sem apegos, essa é a única maneira de aproveitar a sua jornada e sem arrependimentos.

 

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.