Notícias

Nadadora trans é alvo de críticas após quebrar recordes femininos nos Estados Unidos

Nadadora trans e alvo de criticas apos quebrar recordes femininos nos Estados Unidos
Comente!

Lia Thomas, de 22 anos, é integrante do time de natação da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos. Nas recentes competições universitárias, a nadadora trans tem quebrado recordes na modalidade.

A nadadora transexual se chamava Will Thomas e competiu por três anos nas piscinas entre os homens. Após um ano sem competir, Thomas voltou para a modalidade, mas desta vez para competir pelo feminino.

A performance da nadadora ganhou repercussão, principalmente no último fim de semana, quando ela participou da Zippy Invitational in Akron, no estado de Ohio. Na prova equivalente aos 200m livre aqui do Brasil, Lia atingiu o tempo de 1m41s93, sete segundo à frente da segunda colocada.

nadadora ainda venceu os 1500m livres em 15m59s71, seguida por Anna Kalandadze. O que mais chamou atenção na prova foi que Thomas foi 38 segundos mais rápida que a segunda colocada.

Nas redes sociais houve quem defendeu a atleta, enquanto outros criticaram o fato de Lia Thomas poder competir entre as mulheres, pois isso seria uma vantagem.

Comente!

Mãe de “mini-influenciadora” conta que a filha pode se aposentar aos 15 anos

Artigo Anterior

Você é capaz de encontrar o erro nesta imagem em apenas 20 segundos? Teste agora sua atenção!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.