3min. de leitura

NÃO ACORDEI CEDO E NEM FUI À LUTA…. EU TIVE SORTE!!!

Como soa estranho as pessoas não contar uns aos outros a parte “cruel” da história. No ato da conversa questionável, em torno da vida bem-sucedida de um colega ou conhecido, você sempre escuta o infeliz comentário: “Você viu, como João teve sorte no novo emprego? ”, “Nossa, não sei como a Maria comprou aquele carro novo? ”, “Não entendo como José consegue viajar tanto! ”.  As pessoas costumam tentar não acreditar no óbvio, estão sempre à procura de algo fantasioso que justifique o fracasso interno. O óbvio nada mais é do que acordar cedo, estudar sem pestanejar e trabalhar arduamente.


As pessoas sonhadoras, que estão em busca de algo grandioso não conseguem o tão almejado “prêmio” em pouco tempo de trabalho duro.  Trabalho, estudo, leitura, muita sede de aprendizado e tudo isso em busca do tão presumido sonho…E francamente, não vejo muita sorte nisso, visualizo uma receita básica que não é ensinada nem nas melhores universidades: Uma pitada de coragem para uma base exagerada de esforço. Acredite! Não importa quantas vezes você repita essa receita em busca do seu melhor resultado, sempre preferirão acreditar que você de fato teve sorte!

Sempre acreditei que se não houver uma força maior que nos mova, que nos faça levantar cedo da cama, que não nos faça ir dormir buscando novas ideias, que nos faça diferente daquilo que não nos represente …. Nada faz sentido! Seremos do grupo das pessoas que estão incomodadas com a conquista alheia, sem ao menos nos atentar o quão doloroso foi a caminhada daquele vencedor.

Você acredita em algo? Busca alguma coisa? Cria oportunidades? Deixa um pouco de você nos lugares? Transforma positivamente a vida de alguém?


Todo dia temos a nossa luta particular com o nosso mundo, ninguém passa despercebido na via dos obstáculos. Em algumas situações exageramos tanto na dose de acreditar que somos “vitimas”, que perdemos uma bela oportunidade de não transformar o atual problema em uma esplêndida maneira de conquistar a autoconfiança.

Não vá a lugar algum para dá o seu médio potencial. Faça o seu melhor, dar certo ou errado é consequência! Antes sortudo e lutando do que sem sorte e não tentando.

Finque sua bandeira no mundo!






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.