Não deixe que a sua negatividade o sufoque. Dias maus não são motivos para desistir da vida



Se tivermos o ar da vida para respirarmos, isso basta para que os nossos dias sejam bons. Quanto aos problemas, esses sempre têm uma solução e não devemos reclamar quando passarmos por momentos difíceis.

Por isso, os dias maus não são motivos para que você desista da vida. Deus sempre borda uma nova manhã e, se acordamos, devemos aproveitar para fazer diferente, trilhar novos caminhos, buscar outras pessoas e estar dispostos a novos recomeços é o que nos faz capazes de nos reinventarmos sempre e quando for preciso.

Antes de reclamar da vida, lembre-se de que existem pessoas em condições piores que, simplesmente, agradecem a Deus por estarem vivas.

Dessa forma, escolham olhar para os lados e enxergar a beleza da vida, antes de enxergar os problemas; saibam caminhar e encontrar no caminho os motivos para seguir em frente; não deixem que a desesperança bata à sua porta, permitam que a fé entre em seus corações e nunca terão motivos para desacreditar; seja esperto o suficiente para espalhar o amor e propagar a paz de espírito, pois quem semeia o bem está totalmente livre de fardos.

Não deixe que a sua negatividade o sufoque, pois quando alimentamos coisas ruins dentro da gente, morremos um pouco a cada segundo.

Se passarmos muito tempo olhando para o lado ruim dos nossos caminhos, deixamos de admirar as belezas que nos rodeiam e de enxergar a luz de Deus em cada coisa que encontramos na jornada.

Assim, mesmo que eu encontre ingratidão pelo caminho, faço de tudo para não machucar as pessoas porque sofro com a dor alheia e não consigo ficar em paz sabendo que fui a causadora de algum mal ao próximo.

Preocupo-me demais com o bem-estar alheio, mas muitos me machucam sem fazer cerimônia. Mas o que fazer? Não posso ser responsável pelo egocentrismo alheio, mas posso escolher que não vou optar por plantar a maldade.



Meu coração está envolto de amor e não me cansarei de espalhá-lo, mesmo que me digam que é inútil. Nunca é inútil espalhar o que é bom e o que nos faz bem.

Por isso, já decidi que só planto o que é bom, só cultivo o que é luz e sigo a caminhada com a plena convicção de que as pedras não me importam mais, pois encontrei a verdadeira essência do amor: DEUS.

Essa é a essência que me faz caminhar com os meus pés leves, o meu coração em paz e a minha alma livre de tudo que pode me fazer mal. Deus me ensinou que a essência da paz é plantar o amor por onde quer que eu vá. E o que eu faço? Sigo plantando o amor que ele colocou dentro do meu coração, pois é esse o grande segredo de eu permanecer em paz, mesmo quando querem plantar turbulências em minha vida.

Não frutifica mais em meus caminhos aquilo que seja contra o amor que Deus me ensinou a plantar.

Eu escolhi ser feliz e só é feliz quem permanece com o amor e decide espalhá-lo por onde quer que passe.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: stasia04 / 123RF Imagens






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.