Reflexão

Não é a distância que afasta as pessoas, é o “tanto faz”!

WhatsApp Image 2021 10 27 at 08.03.43

Quantas vezes não nos sujeitamos a certas relações tóxicas, que nos fazem dar mais do que receber, esperando que um dia sejamos notados como merecemos?



Sabemos como nos relacionar com outras pessoas pode ser algo extremamente complexo.

Cada um carrega experiências, vivências e é marcado pela cultura onde viveu, que nem sempre vamos saber compreender. Quando nos propomos a conhecer a fundo alguém, precisamos saber que essa pessoa pode vir com uma bagagem que nem sempre vai nos agradar.

Mesmo assim, o respeito pelo próximo precisa guiar e pautar todas as relações, já que lidar com as diferentes culturas e personalidades é o que nos torna, no fim das contas, mais tolerantes. Mas é bom sempre lembrar que compreender o próximo não dá a ele o direito de agir com irresponsabilidade emocional e afetiva, tratando o próximo como “capacho”.


Não importa se as relações que estamos abordando são íntimas, profissionais ou apenas amigáveis, todos merecemos ser tratados com o devido respeito. Muitas vezes, acreditando que sempre seremos bondosos, perdoando qualquer tipo de comportamento, alguns indivíduos nos tratam com desdém, sumindo completamente ou conversando apenas quando lhes convém.

A verdade é que as pessoas acabam se afastando mais por conta desse comportamento de “tanto faz”, em que o desdém e a falta de interesse se colocam em primeiro lugar, superando em muito a distância geográfica. Existem casais que sobrevivem a longos períodos morando separadamente, amizades que continuam fortes, mesmo quando as pessoas se veem apenas algumas vezes ao ano, isso porque existe interesse.

Nada sem interesse é alimentado por muito tempo. Pode ser que nos procurem de maneira pontual, apenas em momentos que precisem de ajuda, pode ser que mal respondam, o que não pode acontecer é vivermos acreditando que existe uma relação recíproca quando, na verdade, ela é apenas uma via de mão única.

A vida exige conexões verdadeiras! Precisamos parar de perder tempo com quem não tem interesse em nos ver bem, em saber sobre nossas evoluções, nossas trajetórias e nem sequer deseja conversar sobre os obstáculos que enfrentamos. A falta de interesse está, cada dia mais, se tornando a base das relações, principalmente em uma época em que as redes sociais e a internet são mais fortes do que encontros físicos.


Quantas vezes você não passou horas esperando apenas alguém que se importasse? Quantas vezes não quis apenas alguém que respondesse à sua mensagem, que demonstrasse algum tipo de interesse, principalmente naqueles dias nos quais se sentiu extremamente sozinho, quando a ausência dos outros e suas falhas se tornam ainda mais evidentes do que no resto da semana?

Não é saudável pautar relações apenas nos seus sentimentos, é preciso receber atenção, é preciso que as barreiras da indiferença sejam ultrapassadas. Mas lembre-se: esses muros só deixam de existir quando todas as partes estão interessadas, porque, no fim das contas, não se muda ninguém.

A essência de cada um sempre será o que é, a menos que exista real intenção de conexão e aprofundamento das relações. Em uma época em que as atrações e relações são superficiais, em que mais vale a quantidade de curtidas que as pessoas têm nas fotos do que o que carregam na alma, talvez seja natural encontrar apenas pessoas egoístas. Mas isso não significa que devemos aceitar o que surge, é importante ser exigente com o que esperamos, senão nunca receberemos o que de fato merecemos!

Se não existe interesse, o afastamento se torna inevitável. Lembre-se que a verdadeira atenção precisa ser sentida, mesmo que a distância, embora isso até pareça ironia. Quantas vezes você não se sentou ao lado de alguém que nem sequer olhava para o seu rosto, que nem desviava os olhos do telefone? Merecemos todos ser enxergados e reconhecidos, assim como também merecemos ser ouvidos e ter voz.


Estresse e cansaço: quando você não aguenta mais e não sabe por quê!

Artigo Anterior

Policial resgata 3 crianças perdidas em floresta prometendo a elas hambúrgueres como recompensa

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.