ColunistasRelacionamentos

Não é culpa sua!

Não é culpa sua site

Você ainda carrega consigo lembranças da infância? Mais especificamente: “batata-quente”, a brincadeira?



Talvez em sua cidade o nome tenha sido outro, mas, basicamente, consiste em passar um objeto de mão em mão, enquanto alguém (que não vê com quem o objeto está) repete “batata quente, quente, quente…” até decidir que “queimou!”; a pessoa com quem o objeto parou, perde a brincadeira.

Neste exato momento, em algum lugar, alguém ou algo está dizendo “quente, quente, quente, quente…”. E, sim, vai queimar!

Na vida adulta, a batata é mais quente, mais agressiva, mais perigosa e mais letal.


Ela já queimou em minhas mãos algumas dezenas de vezes, e, recentemente, queimou mais uma vez. Acontece que quando a pessoa que determina que queimou é alguém que amamos, o fogo arde diferente, dói uma intensidade mais profunda. A dor faz a gente pensar em muitas coisas… Posso lhe dizer uma delas:

Não é culpa sua!

Às vezes, a bomba explode nas suas mãos, mas não foi você a acendê-la – e isso soa bastante injusto! Às vezes, a pessoa explode com você e você não tem culpa alguma!

Sabe? Pode até ser que tenha feito ou dito algo que irritou a pessoa e a fez explodir, xingar, acusar, etc., mas ela resistia àquela explosão há tempos. O fato de ela ter explodido pode ter sido completamente ao (infeliz) acaso. Resultado de um cansaço maior do que suas forças. E mais: pode ser que ela tenha explodido por confiar em você e se sentir à vontade.


Quantas vezes você foi ríspido com seus pais? Não que eles merecessem, mas porque você precisava aliviar, estava cansado, e, bom, eles são seus pais, entenderiam e continuariam ali, amando-o, aceitando-o, dando-lhe suporte. Sempre ao seu lado.

Quando alguém explode, é sinal de que esteve cansado e resistindo há algum tempo.  

Isso serve para as duas faces da moeda. Não se sinta magoado por alguém ter explodido consigo; não leve para o lado pessoal, você não tem culpa alguma; e, quando explodir com alguém, não se sinta culpado, pois você enfrenta batalhas internas diárias há tanto tempo que nem sabe como… é uma fase difícil! Está tudo bem explodir.

Você não explodiu  porque é ruim, explodiu porque é humano! Espere a poeira baixar, a cabeça esfriar, desculpe e peça desculpas.


A vida segue. Quente, quente, quente, quente…

______

Direitos autorais da imagem de capa: kotsysanin / 123RF Imagens


Graças a Deus, eu ainda consigo ser eu, em todos os meus sorrisos, carinhos, olhares e lágrimas…

Artigo Anterior

O amor já é benção por si só!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.