O Segredo

“Não é humanamente possível suportar isso todos os dias”, diz Daniel Becker sobre mães sem apoio

capanao e humanamente possivel suportar isso todos os dias diz Daniel Becker sobre maes sem apoio

O pediatra compartilhou um vídeo mostrando a rotina de uma mãe-solo e deixou uma mensagem tocante.



A maternidade solo é a realidade de milhões de mulheres no mundo todo. Apenas no Brasil, de acordo com o último levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 11 milhões de mulheres criam seus filhos sozinhas. Esse é um número alarmante, se pararmos para pensar que todos os filhos nascem por conta de uma relação entre um homem e uma mulher.

Por serem consideradas mais “importantes” para as crianças, por conta das funções biológicas, e por tradicionalmente terem sido as responsáveis por sua criação, enquanto os homens trabalhavam fora, as mães ainda são muito vistas como as peças mais importantes na educação, e as únicas a serem cobradas quando as coisas não caminham bem.

Quanto mais cresce essa tendência, mas naturalizado fica o abandono e o descaso por parte dos pais, que em muitas vezes não prestam qualquer tipo de assistência, seja financeira ou emocional, aos filhos.


Esse acúmulo de funções em cima das mães, que nem sempre é fruto de uma escolha, mas de uma realidade imposta, lhes causa uma grande sobrecarga, física e mental, que nem sempre é tratada da forma como deveria.

Além de serem excelentes profissionais, pontuais e compromissadas, para garantir o sustento da família, elas também precisam ser mães atentas, dispostas, presentes e dar conta de conciliar as obrigações domésticas, escolares, e os imprevistos do dia a dia.

Há algumas semanas, o pediatra Daniel Becker resolveu dar voz a essa pauta importante, e urgente, através de seu perfil no Instagram. Ele compartilhou com os seus mais de 300 mil seguidores, um chocante vídeo que mostra a rotina de uma mãe-solo, sem qualquer apoio, na criação de seus dois vídeos.

Nas imagens, é possível perceber que ela acorda muitas vezes durante a madrugada para cuidar das crianças, e parece extremamente cansada, como se precisasse de um tempo apenas para si mesma, para descansar.


2nao e humanamente possivel suportar isso todos os dias diz Daniel Becker sobre maes sem apoio

Direitos autorais: reprodução Instagram/@pediatriaintegralbr.

Junto à publicação, o pediatra escreveu um texto que resume muitas das coisas que essas mães gostariam de falar àqueles ao seu redor. Becker discorre sobre a exaustão tão tradicional das mães, decorrentes da privação de sono, também fala sobre a solidão que a mulher do vídeo, e todas as mães sem rede de apoio, sentem, e ainda reforça o fato de que, mesmo cansada, a mulher acolheu os filhos, com carinho e aceitação, se recusando a abrir mão de atender as crianças.

O pediatra esclarece que essa é uma rotina vivida por milhões de mães todos os dias, ainda que ninguém ao seu redor saiba, e opina que “não é humanamente possível suportar isso todos os dias sem apoio”.

Ele também diz que essa exaustão e o isolamento são causas comuns de depressão, adoecimento físico e mental nas mulheres e aconselha as pessoas a oferecerem ajuda, perguntar o que a mãe precisa, levar uma refeição pronta e ajudar a olhar as crianças para que ela possa ter um tempo para si mesmo.


Finalizando, Becker explica que é importante escutar antes de falar, e jamais apontar o dedo ou tentar ensiná-las a fazer o certo, esclarecendo que abraços são de grande ajuda. Nos comentários, sua reflexão foi muito aplaudida por milhares de mães que se identificam com essa rotina tão cansativa.

Os “fura-olhos” do zodíaco: esses 4 signos não respeitam o relacionamento de ninguém!

Artigo Anterior

“As mulheres me invejam”: jovem fala sobre desafios de ser muito bonita e gera polêmica

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.