Não espere para ser feliz no final do caminho, vivencie a felicidade ao longo da jornada!

No momento atual da sociedade existem dois grandes males que esgotam a energia vital das pessoas, deixando grande parte da população adoecida.

O passado e o futuro são os dois grandes males da vida moderna. O passado é uma dimensão de tempo que não existe mais e o futuro nunca irá chegar.

Viver essas dimensões é viver o irreal como se fosse o real e essa postura impede-nos de viver a única dimensão existente: o presente. 

Muitas pessoas estão desperdiçando suas energias e tempo remoendo o passado. O passado pode prender, amarrar, paralisar. Se o seu passado foi feliz começa as comparações e, consequentemente, a saudade. Se o passado foi desagradável, trará tristezas, arrependimentos, remorsos, culpas e medo.

E assim você não consegue saborear o momento presente.

Esses são os padrões de indivíduos que passam a maior parte da vida procurando no passado pessoas e acontecimentos para justificar seus fracassos no momento presente. São pessoas rancorosas e melancólicas vivendo ciclos não fechados do passado. Essas são características das pessoas que estão caminhando a passos largos em direção à depressão.

Na outra direção desse mesmo caminho, estão as pessoas que vivem projetando um futuro catastrófico. “Será que vou conseguir cumprir essa meta”. “No próximo mês não vou conseguir pagar a fatura do cartão de crédito”. “Meu Deus! Está complicado, se continuar assim vamos à falência”. “Mês que vem não vai dar nem para o remédio”.

Conhece alguém com esses padrões de pensamentos?

São pessoas que estão sempre preocupadas com o futuro. Esse perfil é considerado pelos especialistas de pessoas ansiosas. Encontramos pessoas com esses padrões, presas as coisas do passado ou projetando um futuro incerto.  E o presente, como é que fica?

A sua felicidade depende de qual desses momentos você esteja vivendo. Presa ao passado, projetando-se no futuro ou vivendo o momento presente?

A vida é o aqui agora. A sua segunda-feira deverá ser encarada com o mesmo entusiasmo da sexta-feira, afinal são as mesmas quantidades de horas a serem vividas. Não existe mais vida na sexta e menos na segunda, existe apenas o momento presente.

Não espere para ser feliz no final do caminho, vivencie a felicidade ao longo da jornada.

Para você ter sucesso em sua jornada nesse plano físico, necessitará estabelecer metas e ter um bom plano de ação. Ter sonhos e trabalhar na sua realização é saudável para o seu desenvolvimento.

O que você não deve é colocar o foco no destino sem saborear o percurso da viagem. Fixar somente no destino poderá te atrapalhar a viver o momento presente. Aprecie todos os momentos vividos, talvez algumas experiências trouxeram-lhe dores e sofrimento, mas se olhar por outro ângulo, verá a grande lição que o destino lhe apresentou.

Se nessa lição você for aprovada, você se surpreenderá positivamente e é a hora de celebrar mais uma vez o momento presente.

A felicidade não está em nenhum ponto físico.  Não está no topo da montanha, nem na linha de chegada, mas você pode encontrá-la na caminhada, se viver o momento presente.

Tenha grandes sonhos e metas para o futuro, crie um plano de ação com os alvos a serem atingidos, mas não se esqueça de que a única existência verdadeira é o seu momento presente, portanto viva intensamente.

Ame verdadeiramente as pessoas e o ambiente a sua volta. Peça perdão se necessário, pois no amanhã, talvez, não tenha a mesma oportunidade. Diga eu te amo, perdoe-me, sou grato. Trabalhe com gratidão deixando impregnado em suas ações a energia maior do Amor.

Faça do aqui agora uma linda peça teatral, cante dance, sorria, esteja sempre disposto a servir, pois o grande mestre nos mostrou o verdadeiro caminho quando disse: “eu vim para servir e não para ser servido”.

Viva intensamente o momento presente, seja a mais pura manifestação de Amor. Assim quando a cortina do teatro da vida se fechar sentirá a agradável sensação de estar sendo aplaudida de pé!

Viva o aqui agora! Faça desse seu momento a sua mais bela obra de arte!

Um grande abraço, gratidão sempre!

___________

Direitos autorais da imagem de capa: stockbroker / 123RF Imagens



Deixe seu comentário