Não espere por alguém para se apaixonar. Apaixone-se por si mesmo e por sua vida!



Sobre o “grande amor”, será que só acontece uma vez na vida?

Dizem que geralmente acontece antes dos 30 anos. Se passar dos 30 anos, ficamos para “titia”… e por que acreditar nisso?

O amor não marca horário, não escolhe ponto de encontro, ele simplesmente acontece e isso independe da idade.

Todo mundo tem a metade da sua laranja, como na música, mas a vida tem mais sentido do que ficar esperando alguém para se apaixonar.

Apaixone-se por si mesmo(a) e  por sua vida!

Nós já nascemos completos, únicos e especias, portanto, ninguém merece passar uma vida tentando fazer alguém feliz, não temos essa missão.

A responsabilidade de completar o sentimento que nos falta é de cada um de nós, não de outra pessoa.

É importante cultivar o amor-próprio, autorrespeitar-se e saber que todos são especiais à sua maneira, somos todos  autores da nossa própria história.

Mudar dói, exige foco, disciplina e muita dedicação, mas na minha opinião é muito melhor lidar com a dor da disciplina, do que com a dor do arrependimento de nunca ter saído da zona de conforto.



Às vezes, por medo de não atender às expectativas das opiniões alheias ficamos com medo de agir, e assim não atingimos nossas metas pessoais e fracassamos.

Isso ocorre porque permitimos, tudo por nos submetermos ao que os outros esperam de nós.

Você já se perguntou o que realmente quer? O que gosta de fazer? Já definiu suas metas de vida? Sabe onde quer chegar? Porque para quem não sabe onde quer ir, qualquer lugar serve e, muitas vezes, esse lugar é bem medíocre.

Seja autêntico(a), não tenha medo de julgamentos, empodere-se da sua vida!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123RF/Imagens






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.