ColunistasRelacionamentos

Não gosto de joguinhos. O amor deve ser leve, vivido, demonstrado!

Amar e ser amado já é bom, uma sensação gostosa, que no meu ponto de vista, inspira a viver. Agora, amar e demonstrar é sensacional!



Quantos sorrisos e suspiros perdemos por medo ou orgulho de mostrar com gestos, palavras e toques sutis tudo o que sentimos?

Não gosto de joguinhos e acho que o amor deve ser leve, vivido, demonstrado! Sem medos, sem regras, assim mesmo: exposto! O amor é lindo e não é apenas clichê.

O que muito acontece é que estamos acostumados a jogar o tempo todo, a esperar do outro um primeiro passo, a ter medo de se entregar devido às decepções que já vivemos…. Mas posso falar (?), tudo isso é uma grande bobagem!


O gostoso da vida é a entrega, os beijos e abraços, os risos fáceis, as gargalhadas até a barriga doer. O prazer da vida é olhar diretamente nos olhos do seu amor até rir, e pular no colo de quem se ama, e se pendurar no pescoço do outro e enchê-lo de beijos na bochecha. O bom da vida é o amor!

Amor é uma energia maravilhosa, contagiante… O amor se espalha, bate no espelho e volta pra você; envolve filhos, pais, irmãos, amigos; encanta a pessoa que caminha ao seu lado na vida… O amor é incrível.

É magnífico sentir-se amado, mas é impagável a sensação de ver o sorriso do seu amor quando você faz algo que o agrada, ouvir um sincero “obrigado” quando entrega-lhe uma lembrança, enviar uma mensagem e a pessoa realmente gostar, perceber que seu amado se entrega aos seus carinhos.

É maravilhosa a sensação de demonstrar o quanto você é capaz de amar!


Minha sugestão pra você que está lendo é: ame! Ame muito! Tenha coragem, se joga, entregue-se.

Para de rancor, de dúvida, de medo, de orgulho. E se não der certo, se o outro não souber como receber tanto amor, o problema é dele, o azar é dele, não seu! Você precisa apenas AMAR.

Mulheres, o que vocês querem afinal?

Artigo Anterior

Não se culpe. Recaídas são normais!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.