ColunistasMulheresReflexão

Não há nada de errado em se autodenominar feminista!

SER FEMINISTA….



Vamos lá, hoje vou dar uma aula básica sobre o que é ser feminista, pra você aí que ficam digitando imundices nas redes sociais, agredindo verbalmente gente que apenas quer seus direitos ou de pessoas próximas. Certo? Certo.
Vou colocar coisas do dicionário pra ver se vocês capitam a mensagem.

Substantivo masculino


1. doutrina que preconiza o aprimoramento e a ampliação do papel e dos direitos das mulheres na sociedade.
2. p.met. movimento que milita neste sentido.
3. p.ext. teoria que sustenta a igualdade política, social e econômica de ambos os sexos.
4. p.met. atividade organizada em favor dos direitos e interesses das mulheres.


nao-ha-nada-de-errado-foto-01

Que mais, hmmmm, movimento filosófico, social, filosófico e político que tem como objetivo direitos iguais e uma vivência humana por meio do empoderamento feminino e da libertação de padrões opressores patriarcais, baseados em normas de gênero.

Que mais posso dizer? Que é um movimento que exige que homens e mulheres tenham os mesmos direitos e por conseguinte, concede ao gênero feminino capacidades que outrora eram exclusivamente reservadas aos homens.

Beleza, mas isso tudo que falei são coisas que vocês facilmente encontram facilmente aí no google.


Ser feminista é querer os direitos iguais minha gente.

Ser feminista é acreditar que homens e mulheres PRECISAM estar no mesmo patamar.

Ser feminista é entender que ambos podem trabalhar, cuidar da casa e da família.

Ser feminista é entender que não deve existir diferença entre salários por causa de sexo, cor ou qualquer outro motivo.


Ser feminista é saber que violência doméstica é abominável, seja você mulher ou homem o agredido, mas nós sabemos quem são as vítimas nos casos não é mesmo?

Ser feminista é ser contra a violência amigos.

Ser feminista é saber que ambos os sexos devem receber RESPEITO e serem tratados igualmente da maneira que preferirem(não é não, sim é sim) blz?

Ser feminista é ENTENDER DE UMA VEZ POR TODAS que a culpa não é da vítima senhores.


Ser feminista é saber que seja você o que quer que seja, temos que respeitar a diferença do próximo, temos que amar uns aos outros, é um dever como componentes de uma sociedade.

Feminismo não é odiar os homens ou outras mulheres seus loucos. É simplesmente amar e querer ser amada da mesma forma, com respeito, igualdade e senso de justiça.

Acho que é fácil você aí dizer: “Essas feministas são nojentas.” “Essas feministas merecem apanhar.” “Falta homem na vida dessas feministas” “Toda feminista é lésbica” e mais um monte de bla bla bla bla bla… São aqueles papinhos furados de quem não tem argumento. Se você não quer direitos iguais, belezura amigo(a), se você acha que sociedade boa é essa que estamos vivendo, com todo tipo de atrocidade, machismo e preconceito, que pena né?! Mas se você é só mais um que não sabe o que tá dizendo e apenas distribui ódio gratuito por aí, valeu mesmo, fica daí que eu fico daqui. Respeitemos os espaços uns dos outros, os valores, crenças, ideais e opiniões.

É importante sabermos e deixar claro que também existem aqueles caras que são feministas (que dão razão e apoiam o movimento), e saber também que nem todas as mulheres se consideram. Algumas aceitam a função social que ocupa o gênero e já aceitam como uma realidade cultural que não deve ser mudada.


“Não há nada de errado em se autodenominar feminista. Eu sou feminista e acho que todas deveríamos ser porque feminismo é outra palavra para igualdade”. – Malala Yousafzai

Não existe relacionamento perfeito, existe relacionamento possível!

Artigo Anterior

Nunca desista das coisas que fazem você sorrir…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.