publicidade

Não ignore aquilo que está roubando a sua paz

Não ignore aquilo que está roubando o seu sossego, por mais que ninguém o compreenda. Não faça vista grossa ao desconforto que você sente diante de determinada situação. Ainda que você seja tratado(a) como paranoico(a) ou desequilibrado(a).

É muito comum, especialmente, nos relacionamentos amorosos, uma pessoa identificar um desconforto ou uma desconfiança envolvendo o parceiro e, diante disso, ser tratado(a) como alguém que está vendo chifres em cabeça de cavalo.



Dependendo do poder de persuasão e de manipulação do alvo da desconfiança, é possível que ele(a) reverta o quadro passando a ocupar o papel da vítima.

Como Bombeira, considero muito o provérbio popular que diz “onde há fumaça, há fogo”. Dificilmente a nossa desconfiança é sem fundamento. É óbvio que há casos mal entendidos, sim. No geral, um desconforto dentro de um relacionamento que envolve uma desconfiança, costuma ter, sim, um embasamento que acaba se materializando quando não é ignorado.

Particularmente, defendo que um relacionamento precisa de transparência para prosperar, isso é o mínimo que se pode esperar de um vínculo afetivo.

É fato que muitas pessoas preferem ignorar todas as evidências de que algo vai mal na relação. Talvez, por receio de encarar uma realidade que vai culminar com a destruição de toda uma idealização, existem pessoas se fingindo de mortas diante de sinais e sintomas bastante graves envolvendo os seus relacionamentos. Essas pessoas optam por colocar o lixo embaixo do tapete em prol da sobrevivência de um suposto amor que, muitas vezes, já nasceu de forma obscura, envolto em mentiras, enganos e ilusões.

Uma coisa é fato: você pode enganar o mundo inteiro, contudo, é impossível calar essa voz que a todo instante o incomoda sobre essa questão que rouba a sua paz.


Direitos autorais da imagem de capa: pixabay / 3704998



Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.