ColunistasReflexão

Não julgue quem pensa diferente de você! O mundo precisa de mais tolerância e respeito

31528083 s

O mundo ficaria sem graça sem compartilhamento, sem liberdade de expressão, enfim sem o poder de passar ao próximo os seus princípios e valores.



É impossível imaginar uma sociedade na qual todos compartilhem das mesmas crenças e opiniões, até porque cada um de nós possui experiências diferentes do outro. E intolerância é justamente ser a pessoa que não sabe respeitar essas diferenças.

O principal cenário da atualidade é a dificuldade de conviver com uma ideia diferente daquela em que você acredita. E isso é o mais comum, pois somos frutos de bagagens cognitivas opostas, e cada um traz consigo um conceito diferente, e esse conceito não é a verdade do mundo, é apenas um ponto de vista.

A intolerância sempre existiu, e ela foi a responsável pela maioria das tragédias na história do mundo, e é por causa dela que cada vez é mais comum nos depararmos com o individualismo ou isolamentos em grupos. As pessoas se dividem com quem tem os mesmos pensamentos, depreciando os demais.


É difícil acreditar que ainda hoje não somos capazes de nos relacionarmos com quem pensa diferente. Porém, isso seria uma forma tão mais leve de se viver em comunidade.

No que a maioria das pessoas não pensa é que ter a mesma opinião que o outro o tempo todo é ser impedido de avaliar, trocar ideias e conhecer perspectivas de observações diferentes, dificultando a oportunidade de agregar conhecimentos à própria vida.

Imaginem só se, de uma hora para outra, todos passassem a pensar igualmente? Todos com o mesmo conceito, sem precisar ao menos debater para chegarem a uma conclusão? Todo mundo gostando do mesmo filme, torcendo para o mesmo time, sendo da mesma religião, votando em um mesmo candidato, lendo um único livro, qual seria a essência disso? Será que assim, finalmente, teríamos um mundo melhor?

É complexo afirmarmos que essa seria uma solução para a intolerância, pois uma pessoa que precisa que todos à sua volta pensem como ela é porque está preocupada apenas com as suas satisfações pessoais e, sendo assim, ainda que fosse possível unificarmos todos a uma mesma ideia, logo não teríamos o respeito, a empatia, a aceitação do outro, porque seríamos todos com a mesma base e crença, ou seja, uma sociedade vazia.


O objetivo de cada um ter uma visão diferente é a independência que tanto procuramos. O mundo ficaria sem graça sem compartilhamento, sem liberdade de expressão, enfim sem o poder de passar ao próximo os seus princípios e valores.

Acessível seria se todos aprendessem a habitar o mesmo espaço dividido por convicções diferentes, respeitando o universo de cada um. Não é necessário viver a verdade do outro, tampouco fazer dela a sua verdade, mas é vital conseguir construir relacionamentos com quem tem algo diferente a lhe oferecer, com quem vai lhe acrescentar uma visão nova, ainda que você não seja capaz de enxergar, porque cada um tem sua óptica pessoal.

O mundo precisa de mais tolerância, respeito e condescendência, ou seja, aceitar a opinião do próximo, sem a necessidade de atacar quem pensa de forma diferente.

Devemos lembrar que cada um de nós passou por caminhos distintos e neles encontrou algo para acreditar.


Atrás de cada posicionamento ou ponto de vista, há também um sentimento envolvido, e só quem o viveu sabe. Por isso não julgue, não ataque quem tem um parecer diferente do seu, aprenda a conviver, aprenda a tolerar e faremos um mundo melhor.

Poderosos banhos de lavanda para equilibrar as energias. Confira-os!

Artigo Anterior

Qual signo tem o melhor beijo? Descubra os pontos fortes e fracos de cada um!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.