Comportamento

“Não me deixe morrer”, disse paciente de covid a médico antes de intubação. Seu pedido o emocionou!

capanão me deixa morrer disse paciente de covid a médico antes de intubação Seu pedido o emocionou

O pedido da paciente emocionou o médico, de 27 anos, que compartilhou nas redes sociais um relato sobre sua experiência na pandemia, e viralizou.



Durante a pandemia de coronavírus ao longo deste ano, todos nós passamos por situações difíceis, seja pelas pesadas restrições que nos afastam daqueles que amamos e de nossa rotina, pela doença em si, que é muito debilitante, ou até mesmo pela perda de entes queridos.

No entanto, existe um grupo de pessoas no mundo todo que também tem enfrentado dias muito difíceis, as quais nem sempre consideramos: os profissionais da saúde. Essas pessoas fizeram juramentos de salvar vidas, mas nem sempre são capazes de cumprir esse objetivo, pelas mais diversas situações.

A pandemia está sendo um momento de muitas lutas, afastamento e perda também para essas pessoas, e muita comoção também, como a relatada recentemente por um jovem médico, em seu Twitter, sobre uma paciente que realmente tocou o seu coração durante o atendimento.


Iago Polo, de 27 anos, fez uma publicação em que conta que uma de suas pacientes, de 30 anos, infectada pelo vírus e com complicações graves, disse a ele: “Não me deixe morrer”, antes de ser intubada.

Ele ainda acrescentou que palavras como essas são levadas com eles para sempre.

2não me deixa morrer disse paciente de covid a médico antes de intubação Seu pedido o emocionou

Direitos autorais: reprodução Twitter/@poliago.

O médico, formado há um ano, estava acompanhando o procedimento realizado por um profissional mais experiente, e disse ao G1 que essa foi uma das cenas mais tristes que presenciou desde o início da pandemia.


O post, feito no último dia 5, viralizou. Até a manhã desta quinta-feira (10/12), havia mais de 78 mil curtidas em sua publicação, além de milhares de comentários de pessoas que se sensibilizaram com a situação.

O médico considera que esse é um indício de quão séria está a doença em nosso país e que o fato de a paciente ser jovem mostra que nem sempre os casos mais graves acontecem em pessoas mais velhas.

Sobre a paciente, Iago contou que ela faz parte do grupo de risco, por ser obesa e ter diabetes e hipertensão. Durante a internação, ela usou uma máscara de oxigênio para tentar elevar a saturação do oxigênio em seu sangue, porém, isso não foi suficiente, e ela precisou ser entubada.

A mulher ficou muito preocupada, chorou e desabafou com ele, e depois de lutar muito contra a intubação, que é considerado um procedimento invasivo, ela o aceitou. Iago contou que tentou confortá-la. A paciente permanece intubada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), segundo relatado ao G1, e não apresentou melhora significativa.


O jovem médico contou que fez essa publicação para alertar as pessoas mais jovens que, muitas vezes, quebram os protocolos de afastamento, e espera que a história de sua jovem paciente inspire as pessoas a se cuidarem mais.

Iago analisa que precisamos aguardar a chegada de uma vacina para combater o vírus no Brasil e que nossos principais aliados, neste momento, são o distanciamento social, o uso de máscara e o isolamento, em casos suspeitos ou confirmados.

Realmente, esse é um momento muito delicado, e precisamos fazer o nosso melhor para cuidar de nós mesmos e daqueles que amamos.

Que o relato desse médico cumpra o papel de alertar as pessoas e fazê-las repensar suas atitudes, para que coloquem sua saúde em primeiro lugar.


Compartilhe o texto com os amigos nas redes sociais!

Clientes de restaurante se levantam e trabalham de graça para ajudar funcionário que estava sozinho!

Artigo Anterior

Teste sua atenção: uma das crianças não é filha do casal. Você consegue descobrir qual?

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.