3min. de leitura

Não nos custa nada exercitar a honestidade emocional quando conhecemos alguém

Fato é que não nos custa nada, nada mesmo, exercitar a honestidade emocional quando conhecemos alguém.


Já aconteceu na minha vida – e definitivamente na sua – o fato de conhecer alguém completamente diferente e especial, pelo menos naquele momento, e a pessoa simplesmente dizer, depois de aproveitar bastante a sua companhia, que não está pronta para um relacionamento sério. Sacanagem maior não há, todos pensamos, e com razão.

Para quem fica pelo caminho, vem aquela sensação de juntar os cacos acompanhada do discurso de pular fora no caso de um possível amor. Percebe o ciclo que está sendo criado?

A questão é que todos nós, em algum momento, também fomos a pessoa que demos a desculpa esfarrapada sobre não estarmos prontos para algo mais. Às vezes, podemos imaginar que fomos sinceros desde o começo; outras, é um furacão compartimentar e depois transbordar o que sentimos por alguém.


Claro, nada disso serve como justificativa para quebrar o coração do outro mas, sem querer, acaba dizendo muito sobre o nosso olhar para o lado.

Vivemos em tempos estranhos, eu sei, mas é fato que não nos custa nada exercitar a honestidade emocional quando conhecemos alguém, porque depositar tempo e energia no espaço alheio requer responsabilidade, e não é legal fazer isso sem ao menos uma dose mínima de cumplicidade.

Que todos possamos conversar com o nosso interior antes da decisão de estar disponível para alguém. Ou que ao menos sejamos bem explícitos a respeito das nossas intensidades e intenções desde o primeiro aceno.


Significa muito para quem não quer ficar tratar logo de dizer, e significa mais ainda para quem quer ficar e que não merece perder o otimismo de encontrar alguém que queira [ficar].

No fundo, todo mundo sabe que se apaixonar é sentir com ousadia e amar é uma coragem diária para o coração.

 

Imagem de capa: cena da série Modern Love/Amazon Prime.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.