Não permita que a sombra alheia escureça o seu brilho!

4min. de leitura

Se o outro se acha no direito de envenenar você, é uma escolha sua tomar o veneno ou devolvê-lo para quem o produziu, de modo tranquilo, mas mostrando que não há espaço para escurecer a mente de quem escolheu bons pensamentos!

Tenho visto, com certa frequência, algumas pessoas fazendo comentários maldosos, depreciativos ou com desdém em relação a outras pessoas, o que ocorre muitas vezes em um ambiente onde há expectadores, que (possivelmente) assistem calados a tal situação, que traz sombra aos pensamentos da vítima que, por vezes, não manifesta nenhuma reação contrária, ainda que desejasse fazê-lo.



Acredito que você já tenha passado por isso e também presenciado algumas vezes o fato acontecendo com outras pessoas. Nessas situações alguém solta frases como: “- Nossa, porque você cortou seu cabelo, ele era tão lindo!”, “ – Puxa, como você engordou!”, “ – Se continuar magro(a) assim vai sumir!”, “ – Por que está namorando esta pessoa? Não vejo graça nenhuma nele (a)!”, e por aí segue.

Diversas vezes eu me perguntei: “- O que há com estas pessoas que insistem em destilar o seu veneno? Qual o objetivo disso?” Porque tais comentários não são feitos no sentido de ajudar, mas simplesmente de minimizar o outro!

Confesso que parei de questionar, não porque tenha encontrado alguma resposta, mas simplesmente porque desisti de tentar entender este tipo de comportamento doentio!

A única forma que encontrei de me conformar a respeito de tal atitude foi refletindo acerca de que cada um oferece somente o que tem dentro de si mesmo, então, não se pode esperar algo positivo de pessoas que nutrem pensamentos negativos e que, por consequência, terão atitudes maldosas.


No entanto, não desisti de combater este tipo de situação! Levei muito tempo para compreender que eu não precisava assistir calada alguém que estava me espezinhando, mas que isso era uma escolha minha e que sair da condescendência seria um ato de coragem e de repúdio em relação às atitudes do agressor!

Pois bem, hora de cortar o mal pela raiz!

É o que eu tenho feito desde então, e os tais comentários vindos de todos os lados diminuíram bastante, acredito que seja porque os inconvenientes não gostam de se sentir expostos, apenas de expor os outros.  

Então, não precisamos aceitar o que vem do outro, e se o outro se acha no direito de envenenar você é uma escolha sua tomar o veneno ou devolvê-lo para quem produziu, de modo tranquilo, mas mostrando que não há espaço para escurecer a mente de quem escolheu bons pensamentos!


_____________

Foto: Junne Lello

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.